MORTE SÚBITA – J. K. Rowling


J. K. Rowling - Morte Súbita

A trama se passa na pequena cidade de Pagford, Inglaterra. O personagem que move a história é Barry Fairbrother, conselheiro distrital da cidade que morre logo no primeiro capítulo, deixando uma vacância no conselho (por isso o nome do livro em inglês é The Casual Vacancy) , o que causa surpresa e alvoroço na cidade. A partir desse fato, são apresentadas várias tramas pessoais na vida dos personagens, que são muitos, são vários núcleos familiares. Aconselho ao leitor ir anotando os núcleos, pois alguns nomes são parecidos, e você muitas vezes para e tenta lembrar quem é quem. Cada núcleo é formado por uma família com filhos adolescentes, que se destacam na trama, a autora descreve muito as questões da adolescência.

No início o leitor pode ficar um pouco confuso e achar a leitura cansativa, porém  aos poucos cria-se um interesse  pela vida dos moradores de Pagford. Rowling não “alisa”, ela desnuda os personagens apontando seus pontos mais frágeis, suas ambições, seu lado bondoso, bem como um lado obscuro, pretendendo demonstrar que todos possuem seus segredos. É uma narrativa lenta, sem clímax, sem aventura ou suspense, por esse motivo demorei mais para finalizar, no entanto, quando já estava familiarizada com os personagens, tudo ficou mais fácil, e a leitura fluiu, aconselho ler devagar, sem pressa, podendo ler outros simultaneamente para não cansar.

Lentamente você vai conhecendo a alma e a personalidade de cada personagem, se afeiçoando a alguns, repudiando outros, particularmente gostei muito de Krystal Weedon, apesar de ser uma garota revoltada, percebemos que ela tem um coração bom, e que luta pela sobrevivência. Ela me emocionou. Os personagens todos são muito reais.

O final é tocante, comovente e inesperado. Um choque mesmo de realidade. Recomendo a leitura para pessoas que não se assustem com temas polêmicos.

A autora carrega a marca do menino bruxo Harry Porter, e muitos dos que compraram Morte Súbita estavam esperando algo no gênero, alguma aventura mágica tal como o mundo de fantasia de Hogwarts. Não, o livro é o extremo oposto de Porter. Ele retrata questões sociais, morais, raciais, preconceitos, bullying, drogas, desigualdades sociais, sexo, utilizando uma linguagem que algumas vezes chega a assustar, o livro é uma dose de realidade. Não é um livro para se ler em uma noite, de uma vez, é aquele livro estilo novela, para ler um pouco diariamente, um livro para ser degustado lentamente.

Recomendo a leitura, a escrita de J.K é primorosa, bem detalhada, explicada, não tinha como ser diferente, pois trata-se de uma escritora fabulosa. O tema é atual, são várias tramas familiares, e ao longo da leitura é possível extrair várias lições de vida.

Gif livro

Trechos que grifei:

”O maior erro de noventa e nove por cento das pessoas é ter vergonha de ser quem são, é mentir a esse respeito, fingindo ser alguém diferente. A honestidade era sua marca, a sua arma, a sua defesa. Quando somos honestos, as pessoas se assustam ou ficam chocados.”  (página 77)

“Que mania ele tinha de fazer juízos definitivos a partir de primeiras impressões, de uma única atitude! (página 103)

“O mais difícil, a verdadeira glória era ser quem a gente realmente é” (página 77)

“É estranho como a nossa cabeça pode saber o que o coração se recusa a aceitar.”(página 397)

“Escolher é algo perigoso: quando escolhemos, temos que abrir mão de todas as outras possibilidades” (página 436)

  • Público Sugerido: Adulto. Que não se assuste com uma linguagem mais forte e com temas polêmicos.
  • Pontos Positivos: Retrata a realidade nua e crua, sem preocupação em agradar ou desagradar, personagens reais que se assemelham com a realidade.
  • Pontos Negativos: Linguagem forte, o que na minha concepção assusta um pouco os leitores de Harry Porter.
  • Nota: 4,0 (1 a 5) ****
televisie2

O livro irá virar uma SÉRIE DE TV.

“RIO – Depois de conquistar os cinemas com as adaptações dos livros da série Harry Potter, a escritora J.K. Rowling agora parte para conquistar a telinha da TV. A BBC One anunciou que o último romance de Rowling, ‘Morte súbita’, vai virar uma série, que deve ir ao ar em 2014.
– Estamos muito animados em trazer o extraordinário retrato que J.K. Rowling fez da moderna Grã-Bretanha. É um livro de tal riqueza, com humor, comentários sociais e personagens fantásticos, que mostra de maneira perspicaz e divertida o país em que vivemos.”Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/revista-da-tv/livro-adulto-da-autora-de-harry-potter-vira-serie-de-tv-6914723#ixzz2VqyKuSb4

Reportagem da Veja em 5 de Dezembro de 2012 (clique na imagem para ampliar)

Reportagem Morte Súbita -
boy-reading-book

Leia o Primeiro Capítulo de Morte Súbita, clique no link abaixo:

.
Anúncios

Participe deixando o seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s