O AVESSO DAS COISAS – Aforimos

 

20130924-160916.jpg

 

 

 

“Assim como os antigos moralistas escreviam máximas, deu-me vontade de escrever o que poderia chamar de mínimas, ou seja, alguma coisa que, ajustada às limitações do meu engenho, traduzisse um tipo de experiência vivida, que não chega a alcançar a sabedoria mas que, de qualquer modo, é resultado de viver.

 

 

 

Andei reunindo pedacinhos de papel em que estas anotações vadias foram feitas e ofereço-as ao leitor, sem que pretenda convencê-lo do que penso nem convidá-lo a repensar suas ideias. São palavras que, de modo canhestro, aspiram a enveredar pelo avesso das coisas, admitindo-se que elas tenham um avesso, nem sempre perceptível mas às vezes curioso ou surpreendente.”

 

 

 

(Carlos Drummond de Andrade.)

 

 

 

O livro é bem pequeno, com inúmeros aforismos, segue uma ordem alfabética, divididos em inúmeros temas.Todos curtos, intensos, irônicos e a maioria divertidos. Uma leitura leve, agradável e rápida.

 

 

 

Alguns aforismos retirados do livro:

 

 

 

Ingratidão: A Ingratidão é o imposto cobrado à generosidade.

 

 

 

Inveja: Não há invejosos; há admiradores vesgos

 

 

 

Amor: Há vários motivos para não amar uma pessoa, e um só para amá-la: este prevalece.

 

 

 

Amizade: Como as plantas, a amizade não deve ser muito nem pouco regada.

 

 

 

Vontade: Minha vontade é forte, porém minha disposição de obedecer-lhe é fraca.

 

 

 

Voto: O voto obrigatório estendido ao analfabeto anuncia o analfabetismo obrigatório.

 

 

 

Li e Recomendo

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

2 comentários sobre “O AVESSO DAS COISAS – Aforimos

Participe deixando o seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s