4

É DURO SER CABRA NA ETIOPIA

Um título bem peculiar, uma capa bastante instigante.
A autora lançou uma proposta inusitada na rede, sem ter ideia do tamanho que a coisa ganharia. E a brincadeira foi levada a sério e se transformou no livro.

“Por que não elaborar um livro com material desconhecido? Inventar algo a partir do que não domino ou determino, e lidar com aquilo à medida que fosse se apresentando? Criei um site para receber textos de autores anônimos. Haveria duas limitações: deveriam ter até 1.500 caracteres, podendo menos, mas nunca uma palavra a mais, e precisariam conter comicidade. Ou melhor, eu deveria achar graça; era duro ser esceitor naquele site.” (Maitê Proença)

Cada página é diagramada de uma maneira diferente, com ilustrações. Um livro original, colorido. E no meio dos textos podemos observar anotações da autora.
Já conhecia o lado de Maitê Proença escritora.Li “Uma Vida Inventada” e me encantei com a sensibilidade e como ela domina as palavras e nos envolve na trama.

A proposta do livro ficou muito interessante.No link do Youtube abaixo a escritora explica a origem do nome do livro.

Gif livro

Trechos que grifei:

 “Não se assuste com minha face carrancuda. É que levo minha felicidade muito a sério.”(pág. 253)

“A primeira impressão é a que fica…abandonada na impressora. Quem rascunha aperfeiçoa!” (Pág. 257)

boy-reading-book

Avaliação

  • Público Sugerido: Quem gosta de textos curtos.
  • Pontos Positivos: Diagramação linda, textos interessantes, proposta inusitada.
  • Pontos Negativos: Apenas não recomendo para quem não se sente confortável com textos mais sensuais.
  • Nota (1 a 5): 3,5

Site que deu origem ao livro:

 http://www.maite.com.br/cabra/index.php

Entrevista da escritora para a Revista Cultura

(Na entrevista ela explica a origem do título do livro)

Anúncios