LEITURAS JULHO 2016

 

Olá leitores,

Estou de volta com minhas resenhas (breves), particularmente não gosto de longas resenhas, muitas vezes por serem tão detalhadas acabam por adentrar muito no enredo, se leio muito sobre o livro crio expectativas elevadas.

Gosto de registrar minhas impressões e deixar a cargo do leitor formar sua própria opinião sobre o livro, já que gosto literário não se discute. 🙂

 

LIVRO 34

Adoro livros de crônicas, não conhecia o estilo literário de Tati Bernardi.

Na minha opinião foi uma leitura morna, não me empolguei muito durante a leitura. Acho que criei muita expectativa, pois ao ler a sinopse achei que seria muito engraçado.

O estilo que ela narra é bem sem papas na língua, o livro aborda sua dependências por remédios, seu pânico de avião, crises de ansiedade, manias, casos amorosos, etc.

Para quem possui algumas das características da escritora, com  certeza irá se identificar e adorar a narrativa.

 

LIVRO 35

 

Um livro muito elogiado que recebi da Tag Livros. O interessante foi a experiência de ler um título e autor que eu não conhecia, e que provavelmente poderia passar despercebido nas prateleiras.

Desonra foi considerado um dos cem melhores livros escritos em língua inglesa de todos os tempos pelo respeitado jornal The Guardian, de Londres.

Seu autor, o sul-africano J.M Coetzee recebeu todos os prêmios literários possíveis (primeiro autor a vencer duas vezes o Booker Prize), dentre eles o glorioso Prêmio Nobel de Literatura de 2003.

O livro conta a história do professor de literatura David Lurie, da Universidade do Cabo, que passa a ser acusado pela própria instituição de ter um caso forçado com uma aluna. Por ter a consciência limpa, resolve não se defender, aceitando a sua demissão. Desempregado, viaja para fazenda da filha Lucy, para ajudá-la, com esperança de encontrar tempo para escrever sobre Lord Byron, de quem é especialista. Na trama do livro, Coetzee apresenta uma realidade pós-apartheid da África do Sul, num livro envolvente e extremamente bem escrito.

Consegui extrair várias reflexões e trechos do livro.

Como disse o jornal Sunday Telegraph:

“Desonra explora ao máximo o que significa ser humano, e está na linha de frente da literatura mundial”.

Gif livro

“Não existe nenhuma vida elevada . A única vida que existe é esta aqui.”

“O crânio, depois o temperamento: as duas partes mais duras do corpo.”

“Outro tipo de vida? Eu não sabia que a vida vem em tipos.”

“A vingança é como um fogo. Quanto mais devora, mais quer devorar.”

 

LIVRO 36

 

“Tromba Tromba” é uma lúdica história infantil.

O livro fala sobre elefantes pretos e elefantes brancos, os mesmos amavam todos os animais,mas se odiavam. Os elefantes pacifistas de todos os lados (brancos e pretos) vão viver no fundo da selva e os outros se matam mutuamente. Após muito tempo, aparecem os elefantes cinzas. A história é simples e singela, como todos os bons livros, e nos faz pensar nos humanos e seus preconceitos de cor, raça, religião etc. É um livro que nos deixa uma lição: “viva a diferença!”

Li e Recomendo. Uma linda obra que transmite uma grande lição.

 

LIVRO 37

 

O livro foi um presente de um amigo que sabe que adoro o tema.

Já li diversos livros que abordam o Holocausto, os campos de concentração, os sofrimentos que os judeus passaram durante essa época traumática e cruel da humanidade..

Porém, nunca tinha lido um livro abordando o depoimento de uma Italiana.

Liliana é uma jovem garota judia que nunca poderia ter imaginado que iria passar por momentos tão tristes e dramáticos na sua vida. Ela narra seu dia a dia no campo de concentração, os momentos em que pensou em desistir, os momentos em que se apegou a vontade de viver – sobreviver – . Também transmite lições de amor à vida e superação. Liliana foi uma das sobreviventes da “marcha da morte”. Uma incrível história.

Uma excelente leitura.

Uma dica para quem se interessar pelo livro: logo após finalizar pesquisei na internet entrevistas com a escritora, assisti e adorei.

 

E VAMOS continuar LENDO!

 

f6691-coruja_lendo

 

 
 

 

 

 

Anúncios

2 comentários sobre “LEITURAS JULHO 2016

  1. Olá! Faço resenhas longas, mas também me interesso por resenhas curtas. Minhas resenhas são longas porque funcionam como uma forma de guardar o livro na memória, entende? Suas resenhas são curtas, mas conseguem passar o “recado” e é isto o que importa.Tenho muito interesse por livros que falam do Holocausto, Sobreviveu a Auschwitz parece ser bom, mas sempre me preparo psicologicamente antes de ler um livro sobre este tema, pois são relatos tristes demais. Abraço!

    • Olá, agradeço o comentário carinhoso. Realmente é muito interessante resenhas longas para relembrar a leitura. E tens razão, os livros sobre o Holocausto são tristes, precisamos nos preparar mesmo. Já li diversos, mas é um tema frequente nas minhas leituras.
      Atenciosamente
      Carol
      Abraços

Participe deixando o seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s