0

Dica de Livro Infantil

 TROMBA TROMBA – David McKee

 

Sou uma grande fã e admiradora de obras infantis, tenho dois filhos, hoje já crescidos ( 17 e 12 anos ) e sempre que os presenteava com livros, amava ler junto. Até hoje leio e releio livros infantis.

Sempre me perguntam: você recomenda para qual idade? e minha resposta é: para todas as idades! Se a criança for bem pequena, nada mais delicioso do que ler junto, mostrando as ilustrações e despertando sua imaginação e o gosto pela leitura, se já for alfabetizada, a criança pode se deliciar curtindo cada palavrinha, e sendo uma criança “crescida” – meu caso – irá ler e fazer uma interpretação com outros olhos.

 

 

“Tromba Tromba” é uma lúdica história infantil.

O livro fala sobre elefantes pretos e elefantes brancos, os mesmos amavam todos os animais,mas se odiavam. Os elefantes pacifistas de todos os lados (brancos e pretos) vão viver no fundo da selva e os outros se matam mutuamente. Após muito tempo, aparecem os elefantes cinzas. A história é simples e singela, como todos os bons livros, e nos faz pensar nos humanos e seus preconceitos de cor, raça, religião etc. É um livro que nos deixa uma lição: “viva a diferença!”

Li e Recomendo. Uma linda obra que transmite uma grande lição.

 

Site da Editora

http://www.zahar.com.br/pequenazahar

 

 

Carol Steinmuller

Reading:

Anúncios
2

LEITURAS JUNHO 2016

LIVRO 29

Ler Saramago é sempre um desafio, começando pela maneira que ele escreve: sem parágrafos, sem travessão, com pouca pontuação, ou seja, de um fôlego só.

Cansada de ser detestada pela humanidade a morte resolve fazer greve, abandona seu cajado e determina: “ninguém morre” e observa as consequências de tamanha ousadia.

Durante o período da ‘cessação” da morte surgem vários problemas políticos, religiosos, éticos, morais, crise nas funerárias, nas companhias de seguros e até na igreja.

“Se acabasse a morte não poderia haver ressurreição, e não havendo ressurreição, então não teria sentido haver igreja.”

É um desenrolar bastante reflexivo, repleto de discussões morais.

“As pessoas dizem coisas à toa, lançam palavras à aventura e não lhes passa pela cabeça pensar nas consequências.”

Houve um momento da leitura que achei cansativa, abandonei um pouco, depois retornei e consegui finalizar. Gostei bastante da parte que a morte demonstra um lado “humano”, onde deixa transparecer seus sentimentos.

Não achei uma leitura fácil, é densa. Porém ,sempre tenho uma ótima sensação após finalizar livros de Saramago.

LIVRO 30

 

Ainda não li o tão famoso”Livro do Desassossego”, está na minha infindável lista.

Com esta leitura senti o gostinho maravilhoso das belas e encantadoras palavras do grande poeta Fernando Pessoa.

Dispensa comentários e apresentações, Fernando Pessoa é simplesmente INCRÍVEL e GENIAL.

Comprei o livro em Portugal, na casa de Fernando Pessoa, não sei se no Brasil lançaram uma edição. :/

LIVRO 31

 

Quem tem filhos, sobrinhos, primos, ou quem convive com crianças se encanta com os diálogos pra lá de sinceros e engraçados dos pequenos.

Uma mãe – Silvana de Oliveira – resolveu eternizar de uma belíssima maneira as “faladas” de sua peculiar Sofia.

Uma leitura leve, engraçada e encantadora. É possível ler em menos de uma hora, pois cada “falada” nos deixa mais curiosos em saber as próximas respostas da esperta Sofia.

Além das frases o livro possui belíssimas ilustrações, tornando ainda mais prazerosa a leitura.

Ao final ainda traz um espaço convidando os leitores para anotarem as “faladas” de crianças, seja filho, primo, sobrinho, enfim, uma bela maneira de alertar todos para anotarem e eternizarem as pérolas das crianças, que estão cada dia mais incríveis.

Além do ótimo conteúdo, o livro possui três opções de cores de capa, achei muito criativo.

Aprovadíssimo.

www.facebook.com/faladasdesofia

instagram @faladasdesofia

 

LIVRO 32

De imediato fiquei encantada com a belíssima capa, é um trabalho espantosamente belo! Uma sobrecapa com a cor verde água com texturas.

Gostei da forma que os poemas são apresentados: do jeito que foram enviados para impressão, com os erros e rabiscos.

Finalizei com gostinho de quero mais.

Amo poemas e poesias. Uma leitura fácil e muito rápida, li em vinte minutos.

 

LIVRO 33

 

Chocante, forte, comovente, REAL . Se não gosta de leituras com detalhes tristes e fortes não leia.

Eu sou alucinada por livros que narram histórias verídicas, sinto necessidade desse tipo de leitura, pois fico me colocando no lugar da pessoa, da família, e me envolvo com os sentimentos e sofrimentos da vítima.

Trata-se da narração do longo sequestro de duas meninas que passaram 10 (DEZ!) anos em cativeiro. O livro aborda a versão de Amanda e Gina, e descreve detalhes do horror que essas duas jovens sofreram durante longos anos. Tiveram sua juventude roubada, foram maltratadas, sofreram, porém como grande guerreiras SOBREVIVERAM para contar.

Li e adorei. Recomendo

 

E VAMOS LER!

f6691-coruja_lendo

 

 

 

 

 

2

LEITURAS MAIO – 2016

LIVRO 23

 

Não é novidade minha paixão por essa turminha. Sou fã incondicional de Peanuts e de todos os personagens .  Coleciono livros, miniaturas, roupas, enfim, tudo me encanta.

Sempre sou lembrada em livrarias quando alguém vê um livro, este ganhei de presente do ‘filhão”.

Claro que devorei rapidinho. São inúmeros quadrinhos fofos, engraçados, reflexivos.

Extraio muitos quadrinhos para postagens no Instagram @livros_e_leitura.

Recomendo para crianças, jovens e adultos.

 

LIVRO 24

 

Não existe um livro de Rubem Alves que eu não me apaixone e suspire com suas belas e poéticas palavras. Já li diversos do escritor e sempre que visito uma livraria procuro adquirir um novo.

São diversas crônicas que falam sobre as mais diversas formas de beleza. Rubem Alves sempre cita poemas do tão querido Fernando Pessoa, recomenda leituras nas entrelinhas, cita belas músicas e escreve com a alma.

Sou fã incondicional e recomendo todos os livros do escritor.

LIVRO 25

Outra escritora que não escolho livros: apenas compro.
O livro fala da dor da perda de um ente querido. Fala sobre morte, dor e recuperação.
São poemas que ela fez quando perdeu seu companheiro, são bem específicos e refletem um momento doloroso na vida de Lya Luft.
Poemas de desabafo em que ela consegue traspassar seu sofrimento de forma poética, frágil, humana.

Gif livro

“Porque ele morreu
abriu-se em meu peito esse buraco:
através dele arrancaram-me o coração
e colocaram o estranho maquinismo
cheio de lâminas e pontas
que me recorta e preserva
– pois se de um lado a morte me abraça,
de outro a vida me chama.”
 
“A maior homenagem que se pode fazer a
alguém que morreu
é voltar a viver da melhor forma possível.
Porque tudo é transformação.
E a vida sempre chama.
Eu acredito nisso.”
 

LIVRO 26

 

Um livro que achei passeando pela minha estante, aqui em casa acontece muito de encontrar livros nunca vistos ou escolhidos, já que somos uma família de leitores é comum nos deparamos com novidades nas prateleiras.

Folheei, achei interessante e resolvi ler. Não conhecia o escritor.

Me encantei com a forma bem humorada que ele escreve.

O livro traz narrativas populares sobre a tão temida morte, sempre acompanhadas de ilustrações estilo cordel.

Uma leitura rápida e divertida.

Ao finalizar, o livro me deixou com aquele “gostinho de quero mais”. Sem dúvida Ricardo Azevedo já está na minha lista de pesquisas para próximas aquisições.

Gif livro

“Segundo ditado popular,

não é preciso se preocupar com a morte. Ela é garantida e

ninguém vai ser bobo de querer 

roubá-la da gente.

O importante é cuidar da vida,

que é  boa, bela, rica,

preciosa e inesperada,

mas muito frágil.

Ela, sim, pode ser roubada.”

LIVRO 27

 

Não pode faltar quadrinhos no rol de minhas leituras mensais (acho que já perceberam).

Adicione quadrinhos + poesia e o resultado é: leveza e uma leitura deliciosa.

O livro descreve um pouco da vida do poeta e como surgiram alguns dos seus heterônimos. Cita algumas poesias, tudo isso acompanhado de belas ilustrações.

Recomendo – e muito.
Gif livro

“Sábio é o que se contenta com o espetáculo do mundo,

E ao beber nem recorda / Que já bebeu na vida,

Para quem tudo é novo / É imarcescível sempre.”

 

LIVRO 28

 

É indubitável o grande sucesso do Padre Marcelo Rossi em seus livros, e apesar do fenômeno, esta foi minha primeira leitura.

O Padre explica o que é Philia : “amor dos pais por seus filhos, o amor de um irmão por outro imão, o amor de um amigo por outra amigo, o amor entre os cidadãos”, e a partir de então faz diversas reflexões sobre temas como: ansiedade, tristeza, depressão, inveja, ciúme, medo, etc. Ao final de cada reflexão ele convida o leitor a orar, baseado no tema abordado.

Estou adorando o contanto com este gênero literário.

Continuarei pesquisando e degustando vários escritores e vários temas na aréa.

Um mês com excelentes e variadas leituras. E VAMOS LER!

 

f6691-coruja_lendo

4

LEITURAS 2015

Eis uma relação com todas as minhas leituras do ano de 2015. Como o ano foi corrido, estou atrasada com metade das resenhas. Sempre publico resenhas mensalmente de todos livros lido no período, podem procurar nos arquivos, irão encontrar diversas resenhas e recomendações.

Deixarei a lista e quem tiver interesse em saber mais sobre o livro, pode deixar comentários que responderei todos. E vamos ler!

1.  Peanuts Completo
2. Snoopy – Volume 1
3. Traçando Madri – Luis Fernando Verissimo
4. Traçando Japão – Luis Fernando Verissimo
5. As Aventuras de Tom Sawyer em Quadrinhos – Mark Twain
6. A Pequena Filosofia de Mafalda
7. Os Segredos de Colin Bridgerton – Julia Quinn
8. Frases Mal Ditas – Legrand
9. Filomena Firmeza – Patrick Modiano
10. Minha Vida Como Gueixa – Mineko Iwasaki
11. Uma Dose Mortal – Agatha Christie
12. O Tigre Na Sombra – Lya Luft
13. A Bibliotecária de Auschwitz – Antonio G. Iturbe
14. Lá e Aqui – Carolina Moreyra / Odilon Moraes
15. Procura-se Um Amor Que Goste De… – Thaís Aragão
16. Vincent – Barbara Stok
17. Hamlet ou Amleto – Rodrigo Lacerda
18. A Toda Prova – Harlan Coben
19. A Casa do Céu – Amanda Lindhout / Sara Corbett
20. O Ateneu – Raul Pompeia
21. Queda de Gigantes  – Ken Follett
22. Um Mais Um – Jojo Moyes
23.  Gelo Negro – Livro 3 da série “O Jovem Sherlock Holmes”
24. Você Conhece Steve Jobs – Pam Polack e Meg Belviso
25.  Você Conhece Walt Disney – Whitney Stewart
26.  Você Conhece Steven Spielberg – Stephanie Spinner
27.  O Monstro das 7 Bocas – Clotilde Tavares
28.  Pedro e o Lobo – Prokofiev – Ilustrado por Bono Vox
29. Perguntaram-me Se Acredito em Deus – Rubem Alves
30. Era Uma Vez Um Menino Chamado Augusto – Neide Medeiros Santos
31. Solombra – Cecília Meireles
32. O Doente Imaginário – Molière
33. Augusto dos Anjos em Quadrinhos – Jairo Cézar / Luyse Costa
34. Pedro Américo em Quadrinhos – Bruno Gaudêncio / Flaw Mendes
35. Inverno no Mundo – Ken Follett
36. Lições De Vida – Freud – Brett Kahr
37. Lições De Vida Nietzche – John Armstrong
38. Uma Porta Para Um Quarto Escuro – Antonio Cestaro
39. Te Adorar – Manuel Bandeira
40. Eu Tenho o Direito de Ser Criança – Alain Serres / Aurélia Fronty
41. Não Derrame o Leite – Stephen Davies / Christopher Corr
42. Mil Dias Em Veneza – Marlena de BLASI
43. Uma Vida Interrompida – Alice Sebold
44. Guia de Veneza – Ruy Araújo
45. Alice no País das Maravilhas – Lewis Carroll
46. A Condessa Sangrenta – Alejandra Pizarnik
46. Mario Prata Entrevista Uns Brasileiros – Mario Prata
47. Os Bebês de Auschwitz – Wendy Holden
48. Meu Livro de Cordel – Cora Coralina
49. Aventuras de Alice No País das Maravilhas – Lewis Carroll
50. E Então Paulette – Barbara Constantine
51. Millôr Fernandes – Essa cara não me é estranha e outros poemas
52. Chamo-me John Lennon – Carmen Gil / Luisa Vera
53. O Yark – Laurent Gapaillard /Bertrand Santini
54. Bibliotecas Do Mundo – Daniela Chindler
55. A Costureira de Dachau – Mary Chamberlain
56. Leonardo da Vinci – Crianças Famosas
57. Jorge Amado – Crianças Famosas
58. Só Por Hoje e Para Sempre – Renato Russo
59. Apaixonada por Histórias – Paula Pimenta
60. Terra Sonâmbula – Mia Couto
61. O Menino da Mala – Lene Kaaberbol / Agnete Friis
62. A Garota Sem Nome – Marina Chapman
63. Malala – A Menina Que Queria ir Para a Escola – Adriana Carranca
64. O Menino da Lista de Schindler – Leon Leyson / Marilyn J. Harran e Elisabeth B. Leyson
65. Primavera de Cão – Patrick Modiano
66. Educação dos Sentidos e Mais – Rubem Alves
67. Trita e Oito e Meio – Maria Ribeiro
68. A Vida Segundo Linus – VR Editora
69. Jackie – Uma Campeã Olímpica – Texto de Fabiana Barcinski e Rodrigo Lucena / Ilustrações de Guazzelli
70. O Mundo Segundo Lucy – VR Editora
 
 
 
1

LEITURAS JUNHO 2015

Segue resenhas de minhas leituras de Junho de 2015

Vamos lá:

LIVRO 35  (em andamento)

 

Inverno no Mundo é o segundo livro da “Trilogia do Século”.  O tipo de leitura que gosto de absorver lentamente, e paralelamente vou lendo outros livros. Sempre sofro de depressão pós livro quando finalizo os livros de Ken Follett, por isso leio sempre devagar.
A saga das cinco famílias continua, agora encaminhando para a Segunda Guerra Mundial. Os filhos dos personagens que apareceram em Queda de Gigantes já estão crescidos e começam a se destacar na trama. A leitura continua em andamento, estou amando! Lendo vagarosamente…

LIVRO 36

 

 

Se tem um estilo literário que amo é o que envolve filosofia. E nada melhor do que a leitura de um livro que consiga levar o leitor a refletir sobre os mais diversos temas na visão de um grande filósofo.

O que mais gostei no livro é que ele não é complexo, ele consegue realmente transmitir lições de vida de uma maneira acessível, sem muitos floreios. Fiquei fascinada com a leitura, cada página precisa ser absorvida, pensada, refletida. Um livro repleto de trechos magníficos! Grifei muito, anotei, refleti. E o livro não é denso, é uma versão de bolso, ideal para carregar sempre na bolsa, para ler e reler incansavelmente. Recomendo MUITO!

Trechos que grifei:Gif livro

“A capacidade de dar boas risadas pode ser uma das marcas de uma personalidade mentalmente saudável”(Pág 75)

“o primeiro homem a arremessar palavras de insulto ao inimigo em vez de uma lança foi o fundador da civilização. Portanto, palavras são substitutos dos atos, e em certas circunstâncias, únicos substitutos”(Pág 65)

“Vivemos hoje num mundo praticamente sem privacidade. A vida doméstica de muitas pessoas, especialmente celebridades e políticos, não raro é exposta e arquivada para sempre na internet. ” (Pág 43)

“Numa época em que já não se respeitam a privacidade, o sigilo ou segredo, temos muito a aprender com Freud…Da próxima vez que nos apanharmos revelando o segredo de um amigo ou a confidência de um colega, ou que soltarmos uma insinuação nem tão sútil sobre a vida privada de alguém, talvez nos lembremos da importância conferida por Freud à necessidade de respeitar a privacidade. Aquele que ser revela capaz de tato merece status diplomático.” (Pág44)

“Freud observou que muitas vezes não tratamos nossos parceiros como pessoas, mas, de maneira mais primitiva, como objetos”(Pág 48)

 

LIVRO 37

 

 

 

E continuando no ramo da filosofia, agora as lições de vida através do grande Nietzsche. Existe algo mais incrível do que poder compreender o grande Nietzsche? Com esse livro você adentra nas ideias do grande pensador, e se vê analisando várias questões que são vivenciadas diariamente. Eu fiquei encantada com a coleção.

Em muitos trechos consigo elevar a minha alma, de verdade! Amo filosofia, um livro imperdível. Só o que não gostei é que quando finalizei as duas leituras fiquei desejando mais e mais.

O livro transcreve textos de grandes obras do filósofo e logo após esclarece o que ele queria que fosse transmitido.E no final do livro o autor ainda presenteia o leitor com um “Dever De Casa” onde ele faz recomendações para maior aprofundamento nas obras do grande filósofo.

O livro é compacto, portanto fácil de transportar para todo lugar, um livro para você deixar sempre ao alcance. Incrível.

Trechos que grifei:

Gif livro

“O sofrimento não é um sinal de fracasso, na tentativa de sermos a melhor versão de nós mesmos, mas parte necessária do processo de nos tronarmos quem queremos – e devemos – ser” (Pág 24)

“Há uma estrada que ninguém pode percorrer, só você. Não pergunte aonde leva; vá em frente.”(Pág 18)

“Ninguém, senão você mesmo, pode construir a ponte pela qual terá de atravessar o rio da vida”(Pág 18)

 

 

LIVRO 38

 

Uma Porta Para Um Quarto Escuro – Antonio Cestaro

Trata-se de uma coletânea de crônicas em uma áurea poética.  Adoro livros de crônicas, um dos meus estilos literários favoritos.

O acabamento do livro é um capítulo à parte, a capa é muito criativa e bela, capa dura, reproduzindo uma porta, inclusive com as ranhuras,  textura. As páginas são todas preta, achei sensacional também, e as ilustrações coloridas e lindas. Realmente um trabalho incríve

A leitura flui deliciosamente.

Trechos que grifei:Gif livro

“O professor dizia que as palavras têm gosto,
cheiro e sentido justo bem definido e explicava que manga [e uma palavra amarelo-rosada irresistível e que aunado a gente olha ela dá vontade de morder, que saudade é uma palavra viajante que
leva a pessoa para lugares distantes e que a palavra voar é aberta e fluida porque é uma espécia de companheira da palavra liberdade” (Pág 21)

O relógio tem todo o tempo do mundo, vai marcando pacientemente o caminho do sol nascente ao poente e continua incansável vigiando a noite quando tudo adormece…Tem também o poder do relógio, que ordena silencioso o que precisa ser feito e o que pode ser deixado pra depois…”(Pág 27)

 

LIVRO 39

Manuel Bandeira é poesia, é encanto, é sonho.. Um belíssimo livro do neologismo tão famoso criado pelo imortal Manuel Bandeira: TeAdorar

Lindo acabamento, lindas ilustrações.

 

LIVRO 40

Sou fã de livros infantis. Eles conseguem transmitir grandes lições de maneira leve e divertida.

O livro transmite de forma colorida os princípios básicos da ‘Convenção sobre os Direitos da Criança’ adotada em 1989. Com uma linguagem simples o livro ensina sobre respeito, cidadania, educação e diversos outros direitos inerentes as crianças.

Recomendo para todos que possuem um pequeno cidadão em casa, bem como para as escolas, acho um livro muito interessante para ser lido em sala de aula.

Li e amei

LIVRO 41

Logo que peguei o livro me encantei com a capa, qual criança não gosta de um livro bastante colorido, com ilustrações de encher os olhos?
 Além do atrativo visual do livro, que é repleto de animais – girafas, camelos, ovelhas – ele transmite valores.
O livro narra a aventura da pequena ‘Penda”, na qual é destinada uma missão: levar uma tigela de leite para o seu pai. Através do caminho ela encontra dunas, animais, e precisa manter o equilíbrio para não derramar o leite. Na verdade o que ela estava carregando ao atravessar inúmeros obstáculos era algo além do leite.
Fiquei encantada com as ilustrações, impossível não despertar o interesse pela leitura através de tão belo livro.
Recomendo para crianças de todas as idades, bem como para adultos.

 

 

 

E vamos continuar lendo!

Carol  😉

4

LIÇÕES DE VIDA FREUD E NIETZSCHE

LIÇÕES DE VIDA FREUD 

 

Se tem um estilo literário que amo é o que envolve filosofia. E nada melhor do que a leitura de um livro que consiga levar o leitor a refletir sobre os mais diversos temas na visão de um grande filósofo.

O que mais gostei no livro é que ele não é complexo, ele consegue realmente transmitir lições de vida de uma maneira acessível, sem muitos floreios. Fiquei fascinada com a leitura, cada página precisa ser absorvida, pensada, refletida. Um livro repleto de trechos magníficos! Grifei muito, anotei, refleti. E o livro não é denso, é uma versão de bolso, ideal para carregar sempre na bolsa, para ler e reler incansavelmente. Recomendo MUITO!

Trechos que grifei:Gif livro

“A capacidade de dar boas risadas pode ser uma das marcas de uma personalidade mentalmente saudável”(Pág 75)

“o primeiro homem a arremessar palavras de insulto ao inimigo em vez de uma lança foi o fundador da civilização. Portanto, palavras são substitutos dos atos, e em certas circunstâncias, únicos substitutos”(Pág 65)

“Vivemos hoje num mundo praticamente sem privacidade. A vida doméstica de muitas pessoas, especialmente celebridades e políticos, não raro é exposta e arquivada para sempre na internet. ” (Pág 43)

“Numa época em que já não se respeitam a privacidade, o sigilo ou segredo, temos muito a aprender com Freud…Da próxima vez que nos apanharmos revelando o segredo de um amigo ou a confidência de um colega, ou que soltarmos uma insinuação nem tão sútil sobre a vida privada de alguém, talvez nos lembremos da importância conferida por Freud à necessidade de respeitar a privacidade. Aquele que ser revela capaz de tato merece status diplomático.” (Pág44)

“Freud observou que muitas vezes não tratamos nossos parceiros como pessoas, mas, de maneira mais primitiva, como objetos”(Pág 48)

LIÇÕES DE VIDA NIETZSCHE

 

 

E continuando no ramo da filosofia, agora as lições de vida através do grande Nietzsche. Existe algo mais incrível do que poder compreender o grande Nietzsche? Com esse livro você adentra nas ideias do grande pensador, e se vê analisando várias questões que são vivenciadas diariamente. Eu fiquei encantada com a coleção.

Em muitos trechos consigo elevar a minha alma, de verdade! Amo filosofia, um livro imperdível. Só o que não gostei é que quando finalizei as duas leituras fiquei desejando mais e mais.

O livro transcreve textos de grandes obras do filósofo e logo após esclarece o que ele queria que fosse transmitido.E no final do livro o autor ainda presenteia o leitor com um “Dever De Casa” onde ele faz recomendações para maior aprofundamento nas obras do grande filósofo.

O livro é compacto, portanto fácil de transportar para todo lugar, um livro para você deixar sempre ao alcance. Incrível.

Trechos que grifei:

Gif livro

“O sofrimento não é um sinal de fracasso, na tentativa de sermos a melhor versão de nós mesmos, mas parte necessária do processo de nos tronarmos quem queremos – e devemos – ser” (Pág 24)

“Há uma estrada que ninguém pode percorrer, só você. Não pergunte aonde leva; vá em frente.”(Pág 18)

“Ninguém, senão você mesmo, pode construir a ponte pela qual terá de atravessar o rio da vida”(Pág 18)

 Resenhas elaboras por Carol Stein  @livros_e_leitura

 Mais informações sobre a coleção no Site da Editora Zahar e detalhes sobre a obra no link: Lições de Vida Freud e Nietzsche

       Para comprar os livros clique no nome do filósofo: Freud e Nietzsche

0

LEITURAS SETEMBRO e OUTUBRO

Olá leitores!

Juntei dois meses e eis minhas últimas leituras.

No início do ano lancei o Projeto 100 Livros em um ano, já estamos quase no final do ano e ainda estou no livro 54. Espero acelerar o ritmo da leitura, para isso preciso abdicar de algumas redes sociais que sugam meu tempo. Mas vamos lá! Vamos ler!

 

LIVRO 48

 

O livro é delicioso. Repleto de imagens e curiosidades sobre os Beatles. Um capítulo muito interessante traz toda a discografia da banda. É uma breve biografia, não é aquele tipo de leitura monótona com muitos dados e blás blás blás, é objetivo, resumido e breve. Sou fã incondicional da Banda, amo todas as músicas e amei a leitura. Recomendo para todos os fãs da boa música, dos Beatles e da leitura.

LIVRO 49

Um livro que já estava na minha fila há bastante tempo. Sherlock Holmes é um dos personagens mais conhecidos da literatura mundial, sendo assim, fiquei muito curiosa em conhecer a história do detetive escrito por outro autor que não fosse Conan Doyle.

Trata-se de uma série sobre o jovem Sherlock Holmes, além deste (primeiro) a série tem mais três volumes.

O autor explica que sempre adorou os livros de Conan Doyle, porém ele sempre abordou Sherlock  já na idade adulta, sendo assim ele resolveu criar uma série que retratasse Sherlock com 14 anos de idade, que explicasse como tudo começou, os primeiros mistérios desvendados, etc.

O jovem Sherlock vai passar as férias com o tio, e lá conhece seu tutor, que seu irmão contratou. Gostei muito do personagem do tutor de Sherlock – Amyus Crowe – , é ele que instiga o jovem a deduzir os mistérios. Também gostei do amigo dele Matthew.

A narrativa é leve, feita na terceira pessoa,  não é muito profundo, os personagens são cativantes. Adorei o contexto histórico situado na Inglaterra, século XIX, sou fã de livros descritos nesta áurea.

Eu adorei o livro. Li muitas críticas de pessoas comparando com o Sherlock de Conan Doyle, porém, não há comparação, é outro autor, outro estilo, outro contexto.

O público alvo são os jovens, e concordo, acho uma leitura bastante interessante para jovens leitores, mas também para jovens de alma também, como eu..rsrsrss

Irei ler todos os livros da série.

“Você pode deduzir quanto quiser, mas dedução é inútil sem conhecimento. Sua mente é como uma roca a girar eterna e inutilmente, até que sejam introduzidas as fibras e ela passe a produzir os fios. A informação é a base de todo pensamento racional. Busque-a. Procure-a com assiduidade. Encha o depósito de sua mente com tantos fatos quantos couberem nele. Não tente distinguir entre fatos importantes e triviais: todos são potencialmente importantes.”

 

LIVRO 50

“Livrarias atraem o tipo certo de gente”

Sou fascinada por livros que abordam o tema: livrarias.   A. J. Fikry é dono de uma pequena livraria na ilha ‘Alice Island’,  e é no ambiente entre livros e leitura que tudo se desenvolve. O carrancudo livreiro é surpreendido por uma encomenda que irá mudar a sua vida. Um romance leve, com doses de humor e mistério. A história é simples, singela, sem nada avassalador, sem picos de emoção, apenas um enredo leve e delicioso.  O livro não é denso, é bem compacto. A leitura flui rápido.

Quem ama os livros irá encontrar muitos diálogos e citações interessantes.

“Sei não, Izzie. Tô te falando. Livrarias atraem o tipo certo de gente. Gente boa, que nem o A.J. e a Amelia. E eu gosto de conversar sobre livros com pessoas que gostam de conversar sobre livros. Gosto de papel. Gosto da textura e gosto de sentir um livro no bolso. Gosto do cheiro de livro novo também.”

“Posso prometer livros e conversas e todo o meu coração”

“As coisas que nos tocam aos vinte não são necessariamente as que nos tocam aos quarenta, e vice-versa. Isso é verdade para livros e para a vida. 

“Às vezes os livros só nos encontram no momento certo.”

 

LIVRO 51

 

 

O livro é desenvolvido em dois tempos: passado e presente.

A primeira parte do livro – o passado – narra a história da personagem Sophie Lefèvre, onde o pano de fundo é a Primeira Guerra mundial. Após o marido ter ido para a guerra Sophie retorna para a pequena cidade de St Péronne no interior da França, que sofre com a ocupação dos alemães, e se vê obrigada a tomar conta do Hotel da família, onde todo o enredo se desenvolve.

A segunda parte do livro – o presente – apresenta a história de Liv Halston, uma viúva que mora em uma belíssima casa de vidro que foi construída pelo seu falecido marido. As duas histórias se entrelaçam, e no meio do enredo os fios vão se desvendando e conectando. Gostei da maneira que a autora entrelaça as duas histórias, bem como o desfecho.

Sou suspeita pois adoro livros que são narrados tendo como tema a guerra mundial.  Algumas lições que são transmitidas na trama: sempre manter a perseverança e a fé.

Já li três livros da autora, gostei de todos, é uma autora que consegue prender minha atenção.

 

LIVRO 52

 

 

A promessa do livro é prender o leitor do início ao fim….mas não aconteceu comigo. A propaganda do livro é comparar o autor a Harlan Coben, por isso me interessei e comprei.

O personagem principal, Patrick,  está sendo vigiado por um motivo, e a partir daí toda a trama e consequências se desenvolvem.

Infelizmente não consegui finalizar ainda. Achei o enredo um pouco sem emoção, cansativo… Bom, muitos leitores gostaram, eu nem tanto.

 

LIVRO 53

Sou fã de Harlan Coben. Leio todos os livros. Pela capa o livro prometia ser o mais ambicioso e inteligente que o autor escreveu até hoje.

Os personagens principais são Jacob e Natalie. Eles se conhecem em um retiro e vivem um romance intenso. Inesperadamente Natalie rompe com Jacob e se casa com outro.

Após 6 anos Jacob descobre que o marido de Natalie faleceu, então suas esperanças se renovam e ele sai obstinadamente em busca de seu antigo amor. E então a trama se desenvolve e mistérios vão  sendo desvendados.

Tenho como parâmetro de comparação vários outros livros que já li do autor, e na minha opinião esse não foi um dos melhores. Não me empolguei muito. Mas continuarei lendo todos os títulos de Harlan Coben.

Dentre os meus preferidos do autor estão “Não Conte a Ninguém” e “Desaparecido Para Sempre”, estes sim, são sensacionais.

 

 LIVRO 53

 

Adoro as crônicas de Rubem Alves. Mais um livro delicioso do grande escritor. O livro é dividido em três partes: coisas que dão alegria, coisas do amor e coisas da alma.

 “O essencial é saber ver. Mas isso exige um estudo profundo, uma aprendizagem de desaprender. Procuro despir-me do que aprendi, procuro esquecer-me do modo de lembrar que me ensinaram, e raspar a tinta com que me pintaram os sentidos…” (Alberto Caeiro)

 

LIVRO 54

 

Tenho quase todos os livros da autora, adoro o estilo breve e intenso que ela escreve. Trata-se de uma coletânea das melhores crônicas da escritora que falam sobre amor-próprio, curtir a vida, família e outros afetos. Algumas crônicas eu já conhecia, outras ainda não. É o tipo de livro que leio em um fôlego só, pois as crônicas são breves, leves e não são cansativas.

 

 

 

Novembro chegou, e vou me dedicar ao máximo aos livros e leitura! Vamos LER!

 

Carol  😉