1

LEITURAS JUNHO 2015

Segue resenhas de minhas leituras de Junho de 2015

Vamos lá:

LIVRO 35  (em andamento)

 

Inverno no Mundo é o segundo livro da “Trilogia do Século”.  O tipo de leitura que gosto de absorver lentamente, e paralelamente vou lendo outros livros. Sempre sofro de depressão pós livro quando finalizo os livros de Ken Follett, por isso leio sempre devagar.
A saga das cinco famílias continua, agora encaminhando para a Segunda Guerra Mundial. Os filhos dos personagens que apareceram em Queda de Gigantes já estão crescidos e começam a se destacar na trama. A leitura continua em andamento, estou amando! Lendo vagarosamente…

LIVRO 36

 

 

Se tem um estilo literário que amo é o que envolve filosofia. E nada melhor do que a leitura de um livro que consiga levar o leitor a refletir sobre os mais diversos temas na visão de um grande filósofo.

O que mais gostei no livro é que ele não é complexo, ele consegue realmente transmitir lições de vida de uma maneira acessível, sem muitos floreios. Fiquei fascinada com a leitura, cada página precisa ser absorvida, pensada, refletida. Um livro repleto de trechos magníficos! Grifei muito, anotei, refleti. E o livro não é denso, é uma versão de bolso, ideal para carregar sempre na bolsa, para ler e reler incansavelmente. Recomendo MUITO!

Trechos que grifei:Gif livro

“A capacidade de dar boas risadas pode ser uma das marcas de uma personalidade mentalmente saudável”(Pág 75)

“o primeiro homem a arremessar palavras de insulto ao inimigo em vez de uma lança foi o fundador da civilização. Portanto, palavras são substitutos dos atos, e em certas circunstâncias, únicos substitutos”(Pág 65)

“Vivemos hoje num mundo praticamente sem privacidade. A vida doméstica de muitas pessoas, especialmente celebridades e políticos, não raro é exposta e arquivada para sempre na internet. ” (Pág 43)

“Numa época em que já não se respeitam a privacidade, o sigilo ou segredo, temos muito a aprender com Freud…Da próxima vez que nos apanharmos revelando o segredo de um amigo ou a confidência de um colega, ou que soltarmos uma insinuação nem tão sútil sobre a vida privada de alguém, talvez nos lembremos da importância conferida por Freud à necessidade de respeitar a privacidade. Aquele que ser revela capaz de tato merece status diplomático.” (Pág44)

“Freud observou que muitas vezes não tratamos nossos parceiros como pessoas, mas, de maneira mais primitiva, como objetos”(Pág 48)

 

LIVRO 37

 

 

 

E continuando no ramo da filosofia, agora as lições de vida através do grande Nietzsche. Existe algo mais incrível do que poder compreender o grande Nietzsche? Com esse livro você adentra nas ideias do grande pensador, e se vê analisando várias questões que são vivenciadas diariamente. Eu fiquei encantada com a coleção.

Em muitos trechos consigo elevar a minha alma, de verdade! Amo filosofia, um livro imperdível. Só o que não gostei é que quando finalizei as duas leituras fiquei desejando mais e mais.

O livro transcreve textos de grandes obras do filósofo e logo após esclarece o que ele queria que fosse transmitido.E no final do livro o autor ainda presenteia o leitor com um “Dever De Casa” onde ele faz recomendações para maior aprofundamento nas obras do grande filósofo.

O livro é compacto, portanto fácil de transportar para todo lugar, um livro para você deixar sempre ao alcance. Incrível.

Trechos que grifei:

Gif livro

“O sofrimento não é um sinal de fracasso, na tentativa de sermos a melhor versão de nós mesmos, mas parte necessária do processo de nos tronarmos quem queremos – e devemos – ser” (Pág 24)

“Há uma estrada que ninguém pode percorrer, só você. Não pergunte aonde leva; vá em frente.”(Pág 18)

“Ninguém, senão você mesmo, pode construir a ponte pela qual terá de atravessar o rio da vida”(Pág 18)

 

 

LIVRO 38

 

Uma Porta Para Um Quarto Escuro – Antonio Cestaro

Trata-se de uma coletânea de crônicas em uma áurea poética.  Adoro livros de crônicas, um dos meus estilos literários favoritos.

O acabamento do livro é um capítulo à parte, a capa é muito criativa e bela, capa dura, reproduzindo uma porta, inclusive com as ranhuras,  textura. As páginas são todas preta, achei sensacional também, e as ilustrações coloridas e lindas. Realmente um trabalho incríve

A leitura flui deliciosamente.

Trechos que grifei:Gif livro

“O professor dizia que as palavras têm gosto,
cheiro e sentido justo bem definido e explicava que manga [e uma palavra amarelo-rosada irresistível e que aunado a gente olha ela dá vontade de morder, que saudade é uma palavra viajante que
leva a pessoa para lugares distantes e que a palavra voar é aberta e fluida porque é uma espécia de companheira da palavra liberdade” (Pág 21)

O relógio tem todo o tempo do mundo, vai marcando pacientemente o caminho do sol nascente ao poente e continua incansável vigiando a noite quando tudo adormece…Tem também o poder do relógio, que ordena silencioso o que precisa ser feito e o que pode ser deixado pra depois…”(Pág 27)

 

LIVRO 39

Manuel Bandeira é poesia, é encanto, é sonho.. Um belíssimo livro do neologismo tão famoso criado pelo imortal Manuel Bandeira: TeAdorar

Lindo acabamento, lindas ilustrações.

 

LIVRO 40

Sou fã de livros infantis. Eles conseguem transmitir grandes lições de maneira leve e divertida.

O livro transmite de forma colorida os princípios básicos da ‘Convenção sobre os Direitos da Criança’ adotada em 1989. Com uma linguagem simples o livro ensina sobre respeito, cidadania, educação e diversos outros direitos inerentes as crianças.

Recomendo para todos que possuem um pequeno cidadão em casa, bem como para as escolas, acho um livro muito interessante para ser lido em sala de aula.

Li e amei

LIVRO 41

Logo que peguei o livro me encantei com a capa, qual criança não gosta de um livro bastante colorido, com ilustrações de encher os olhos?
 Além do atrativo visual do livro, que é repleto de animais – girafas, camelos, ovelhas – ele transmite valores.
O livro narra a aventura da pequena ‘Penda”, na qual é destinada uma missão: levar uma tigela de leite para o seu pai. Através do caminho ela encontra dunas, animais, e precisa manter o equilíbrio para não derramar o leite. Na verdade o que ela estava carregando ao atravessar inúmeros obstáculos era algo além do leite.
Fiquei encantada com as ilustrações, impossível não despertar o interesse pela leitura através de tão belo livro.
Recomendo para crianças de todas as idades, bem como para adultos.

 

 

 

E vamos continuar lendo!

Carol  😉

Anúncios
0

LEITURAS ABRIL e MAIO 2015

 

ABRIL 2015

Olá leitores, estou em dívida com minhas resenhas, tempo atribulado, mas agora deixo para vocês dica de 14 livros.

Demorei mas cheguei chegando 🙂

E estou atualizando o Blog, em breve recomendações de livros e mais livros

O mês de Abril foi todo dedicado ao maravilhoso e denso livro de Ken Follet. Ele possui 980 páginas, portanto foi minha única leitura do mês.

LIVRO 21

 

 

Já deixei registrado várias vezes minha admiração pelo escritor Ken Follett, ele possui o dom de construir uma longa narrativa sem ser enfadonha, de criar vários personagens, várias famílias e ao longo do enredo ir conectando os personagens, é isso que acho incrível, a maneira encantadora de entrelaçar histórias sem tornar a leitura cansativa.

Ele situa os personagens fictícios diante de fatos históricos que realmente aconteceram, muitas vezes no meio do enredo inclui personagens reais que fizeram parte da história mundial, tais como Winston Churchill , Lênin, Kaiser Guilherme .

Em “Queda de Gigantes” ele dá vida a cinco famílias de cinco países diferentes, que no meio da trama de alguma maneira irão se conectar. Os personagens vão surgindo aos poucos e logo conquistando o leitor. Uma personagem marcante é Ethel Willians (País de Gales), ao longo da trama vários acontecimentos envolvendo a Primeira Guerra Mundial e a Revolução Russa interligam os personagens.

As descrições dos ambientes e atmosfera me transportaram para dentro dos acontecimentos históricos.

É o primeiro livro da trilogia “O Século” , seguido por “Inverno no Mundo” e “Eternidade por um Fio”

Demorei para começar a leitura e degustei vagarosamente cada capítulo, definitivamente, um livro imperdível.

Recomendo muito, Ken Follet é um dos meus escritores favoritos. Já li “Pilares da Terra” e “Mundo Sem Fim”

 

MAIO 2015

Eis as resenhas de minhas leituras de Maio. Um mês de muita inspiração. Gêneros bastantes diversificados

LIVRO 22

 

Um título instigante que logo desperta curiosidade no leitor.

Apesar do título, o livro aborda uma bela história de amor. Com inspiração em contos populares e na literatura de cordel a escritora conseguiu criar uma deliciosa narrativa situada no universo encantador do Cariri Paraibano.

“O valente Juvenal deixa a casa paterna e se aventura pelos caminhos do Cariri. Chegando à Fazenda Broca, vence um concurso de adivinhas e fica noivo da filha do coronel, a bela Aliana, mas precisa deixá-la para sair à procura de um remédio milagroso para o pai, que está ficando cego. Nessa busca, penetra nos mistérios do Sertão e enfrenta o terrível Fragoso Ararembé, morador da Caverna das Sete Bocas. Outros personagens se entrelaçam com a história de Juvenal, como o velho Renovato Quirino, o poeta Samuel Romano e a doce Ana Francisca, iluminados pela visão lendária do País de São Saruê”.

O enredo me surpreendeu, a leitura flui deliciosamente e os personagens são cativantes.

Fiquei encantada com o capítulo onde os personagens chegam no “País de São Saruê”, onde a vida é mansa, a comida farta e a paz reina… difícil mesmo foi depois de mergulhada neste universo encantado e finalizada a leitura acordar e voltar para nossa realidade.

Utilizando uma expressão do meu nordeste: A escritora é “arretada”!

Trechos da “Viagem a São Sarué”, do cordelista Manuel Camilo de Santos, um dos que inspiraram a escritora.

“O povo em ‘São Saruê’
tudo tem felicidade
passa bem, anda decente
não há contrariedade
sem precisar trabalhar
e tem dinheiro à vontade.

(…)

As pedras em ‘São Saruê’
são de queijo e rapadura
as cacimbas são café
já coado e com quentura
de tudo assim por diante
existe grande fartura.

(…)

Tudo lá é bom e fácil
não precisa se comprar
não há fome e nem doença
o povo vive a gozar
tem tudo e não falta nada
sem precisar trabalhar.

O livro está á venda no site: http://www.jovensescribas.com.br

 

LIVRO 23

 

Depois que comecei a lê os romances de Jojo Moyes não consegui mais parar, devoro todos os lançamentos. Ela consegue encantar o leitor que procura enredos envolvendo amor, relacionamentos, drama, comédia.

A escritora tem o talento de conseguir envolver o leitor ao longo do enredo.

O livro gera o encontro de vidas diferentes. De um lado Jess Thomas,  mãe solteira de Tazzia, uma garota prodígio na matemática, e também mãe de um “enteado”, um adolescente problemático. Ah, é preciso também mencionar outro personagem presente em toda a trama ´Norman` o enorme cachorro que vive com os três e participa de todas as aventuras ao longo do enredo.

Em outra esfera encontramos Ed Nicholls, um empresário rico, bem sucedido, que após enfrentar um grande problema em sua empresa se refugia na sua casa de veraneio na pequena cidade onde Jess (a mãe solteira)  mora e trabalha como diarista na sua mansão.

Através da narrativa várias lições podem ser extraídas, de família, persistência, paciência, amor, amizade.

Cada capítulo é narrado na terceira pessoa na visão de um personagem diante das situações que estão vivenciando.

Enfim, uma excelente leitura. Li e Recomendo

“Coisas boas acontecem. Às vezes quando menos se espera.”

LIVRO 24

 

O livro faz parte de uma série: “O Jovem Sherlock Holmes”. Gelo negro é o terceiro volume.

O autor explica que é fã dos livros de Conan Doyle, porém ele sempre abordou Sherlock  já na idade adulta, sendo assim, Andrew Lane resolveu criar uma série que retratasse Sherlock com 14 anos de idade, que explicasse como tudo começou, os primeiros mistérios desvendados, etc.

Acho uma série com uma linguagem para jovens leitores, são aventuras de Sherlock Holmes adolescente com seu melhor amigo tentando desvendar mistérios e enfrentando muitas vezes grandes problemas. Gosto do personagem do Tutor de Sherlock, bem como o irmão Microft. Com certeza irei ler o próximo da série: “Tempestade de Fogo”

Eu, particularmente, leio todo tipo de literatura: infantil, juvenil, poesias,biografia, etc. Adoro diversificar minhas leituras.

Uma leitura que flui, não muito densa. Uma aventura interessante.

 

LIVRO 25

 

Quem me acompanha sabe que adoro esse tipo de biografia. Uma maneira leve de aprender sobre grandes nomes. Uma leitura breve com ilustrações.

Steve Jobs era um garoto tímido e quieto e se tornou o maior nome da tecnologia do mundo. Ele começou uma empresa do zero e nunca teve medo de correr riscos nem de errar. Em pouco mais de 20 anos, mudou o conceito e o visual dos computadores de uso pessoal e revolucionou o mercado ao lançar telefones celulares e outros produtos que se tornaram recordistas de venda em todo o mundo.
Depois da leitura é possível também conhecer outro lado de Steve Jobs, ele era uma pessoa de difícil convivência, porém sua grande qualidade era a persistência, e também foi um símbolo de inovação, pois ele nunca estava satisfeito e sempre procurava aprimorar suas ideias.
Uma história inspiradora.

LIVRO 26

 

Excelente leitura. Adorei conhecer a história de Walt Disney de maneira leve e divertida. O livro é bastante elucidativo, possui ilustrações e texto bem escrito. Recomendo. Sabem o que significa a palavra EPCOT? Protótipo experimental da cidade do amanhã ( Experimental Prototype Community Of Tomorrow) Lendo e aprendendo . E o filme que fez mais sucesso da Disney? “Branca de Neve e os 7 anões”. Outra curiosidade, o primeiro nome do rato era Mortimer, mas a esposa de Walt achou estranho e sugeriu Mickey

Meu filho de 11 anos também leu e adorou. Recomendo para todas as idades.

 

LIVRO 27

 

Mais um da coleção dos livros anteriores. Amei a coleção, já quero mais.

 

LIVRO 28

 

Um dos meus escritores favoritos. Os textos dele são pura poesia, reflexão.

Ele consegue adentrar na minha alma e me inspirar.

O título do livro foi inspirado em uma pergunta que uma senhora fez para Rubem Alves. Partindo do questionamento ele desenvolve uma série de reflexões através de perguntas feitas para o “Mestre Benjamim”

Sinto que Rubem Alves consegue de maneira simples falar de assuntos grandiosos.

Recomendo a leitura deste, bem como todos os outros livros do mestre, escritor, educador e filósofo.

 

LIVRO 29

 

Sempre procuro inserir leituras de clássicos. Achei o livro ao acaso em casa, folheei e acabei lendo. Uma leitura rápida, engraçada e agradável. Trata-se de uma peça de teatro, e no decorrer da leitura é possível se imaginar sentada em uma cadeira de teatro rindo da comédia. Muito interessante.

 

LIVRO 30

 

Imagine minha reação (fã de u2) quando ganhei o livro?  Uniu duas paixões que tenho: livros e música. Eu sou muito fã de Bono, então tudo que é relacionado ao cantor eu me interesso.

Bono contou com a ajuda de suas duas filhas adolescentes, Eve e Jordan,.

Quando finalizei a leitura pensei: como ilustrador ele é um ótimo cantor, mas a surpresa veio ao final, descobri que  Bono só aceitou realizar o projeto porque toda renda arrecada com a venda dos livros seria revertida para o “Irish Hospice Foundation”, uma fundação sem fins lucrativos dedicada ao tratamento de pacientes com câncer terminal, a mesma que cuidou do seu pai até a morte, em agosto de 2001

— Fiz esse livro para os anjos que ajudaram tanto o meu pai em sua luta final contra o câncer.

Então, tem como não ser fã dele?

Eis um vídeo do Youtube com o processo de pintura:

Algumas ilustrações do livro:

 

LIVRO 31

O livro faz parte de uma belíssima e interessante coleção “Primeiras Leituras” da Editora Patmos, que narra através de quadrinhos, a vida e obra de grandes nomes mundialmente famosos.

O livro é destinado ao público infanto-juvenil, porém, recomendo para todas as idades, como já enfatizei: Amo HQ.

Seus autores, Jairo Cezar e Luyse Costa, narram e visualizam a vida de Augusto dos Anjos desde o seu nascimento em Sapé (PB) a sua morte em Leopoldina (MG).

Algumas ilustrações do livro:

LIVRO 32

 

Mais um livro da coleção “Primeiras Leituras”

O livro retrata  aspectos da vida de Pedro Américo, nascido em Areia (PB) e falecido em Florença (ITA), que projetou o nome do Brasil em países como  Itália, Bélgica, França e Portugal, através de suas pinturas e dos seus livros.

Tive a honra de conhecer a casa de Pedro Américo na cidade de Areia, na Paraíba, que fica perto da minha cidade.

O roteiro foi produzido por Neide Medeiros e as ilustrações ficaram por conta de Izaac Brito.

LIVRO 33

Um livro histórico, o último da escritora publicado em vida. Foi publicado em 1963, um ano antes de sua morte.

Há poesia, também angústia, questionamentos. Enfim, Cecília Meireles dispensa apresentação e floreios, ela é única.

Adorei e recomendo

“Eu sou essa pessoa a quem o vento chama,
a que não se recusa a esse final convite,
em máquinas de adeus, sem tentação de volta.

Todo horizonte é um vasto sopro de incerteza:
Eu sou essa pessoa a quem o vento leva:
já de horizontes libertada, mas sozinha.

Se a Beleza sonhada é maior que a vivente,
dizei-me: não quereis ou não sabeis ser sonho ?
Eu sou essa pessoa a quem o vento rasga.

Pelos mundos do vento em meus cílios guardadas
vão as medidas que separam os abraços.
Eu sou essa pessoa a quem o vento ensina:

“Agora és livre, se ainda recordas”

Cecília Meireles
in Solombra

LIVRO 34

 

Mais uma biografia de Augusto dos Anjos em quadrinhos. Quem me acompanha sabe que é um gênero literário que adoro. Minha paixão pelos livros começou lendo os gibis da “Turma da Mônica” e desde então sempre estou lendo quadrinhos.

 

Uffa! Estas foram as minhas leituras

 

E vamos continuar lendo!

Carol  😉

 

 

 

 

1

LEITURAS ABRIL 2014

Olá leitores!

Segue um breve resumo e minha impressão sobre as leituras de Abril.

No mês de abril li 11 livros, totalizando 30 livros lidos em 2014.

#Projeto100LivrosEm1Ano

 

LIVRO 20

 

Achei interessante a capa e a história que fala sobre uma obsessão literária. O tema é muito interessante para quem gosta de bibliófilos e de Marcel Proust.

O livro narra a história real de um francês que era obcecado pelo trabalho do escritor Marcel Proust. Devido a sua fascinação ele conseguiu preservar a memória de Proust adquirindo objetos pessoais, cartas, desenhos, bilhetes, rascunhos e versões de obras. Achei interessante. Nunca li nenhum livro do escritor, mas fiquei muito interessada em conhecer após a leitura.

Impressão: Boa e rápida leitura para conhecermos a vida do escritor Marcel Proust.

 

LIVRO 21

 

 

Depois que comecei a ler Rubem Alves nunca mais parei. Ele possui uma maneira suave e ao mesmo tempo profunda de ver o mundo. Virei fã incondicional. Ele sempre nos presenteia com textos inspiradores.

Um livro curto, simples, porém filosófico, sincero e transparente, ele transmite grandes lições de vida de quem já viveu muito. O autor recorre a memórias felizes e tristes, sempre com um toque de nostalgia e saudade de momentos vividos. A leitura nos desperta uma lição: aproveite cada instante de sua vida, valorize cada minuto.

Impressão: Excelente! Leitura inspiradora.

 

LIVRO 22

 

A obra é uma delícia, daquelas que se lê sem parar, contando a História do Brasil, com destaque ao monarca Dom Pedro II

Um ótimo livro para se divertir com a deliciosa história do Brasil, aprendi brincando. Ele é muito fiel aos acontecimentos da História do Brasil, e os quadrinhos são o máximo.

Recomendo. Uma leitura rápida, divertida e cheia de aprendizado.

 

LIVRO 23

 

 

Primeiro livro da “Trilogia da Névoa”.

Adoro os livros de Zafón. O livro foi o primeiro romance do autor, ele escreveu o livro para um concurso de literatura juvenil. O autor explica que escreveu o livro pensando nos jovens: “O Príncipe da Névoa é o primeiro de uma série de romances “juvenis, junto com O Palácio da meia-noite, As Luzes de Setembro e Marina, que escrevi antes da publicação de A Sombra do Vento.”

O livro narra a história do garoto Max Carver que se muda para um vilarejo junto com sua família. O novo lar está rodeado de mistério. O espírito de Jacob, o filho dos antigos proprietários que morreu afogado, ronda o local. As estranhas circunstâncias dessa morte só aumentar com a aparição do Príncipe da Névoa, que concede um desejo a qualquer pessoa a um alto preço.

Como foi o primeiro livro do autor, quem já leu outros pode perceber a evolução em sua escrita e narração. É um livro bom, mas o autor possui melhores.

 

LIVRO 24

DIVERTIDÍSSIMO! E muito bem escrito. Livro de crônicas onde o autor narra suas aventuras quando era criança, ele recorda os momentos mais marcantes de sua infância.

A narração é sensacional pelo fato do autor assumir o ponto de vista da criança, que diante de fatos que não entende e da sua inocência tenta compreender tudo ao seu redor através de explicações hilárias. Lendo o livro recordei de minha infância e de muitas situações também que na época não compreendia.

Ri muito no episódio “Alô Bozo”, hilário! E sobre as sagas dos bichos de estimação da casa dele, enfim, o livro é fantástico.

Imperdível!!!

Sem dúvidas a leitura mais deliciosa e divertida do ano. Devorei em um dia, não conseguia parar de ler.

 

LIVRO 25

 

Um autor que admiro desde minha tenra adolescência. Cresci com ele, minha mãe devorava todos os livros, até hoje elogia muito! Herdei toda a coleção do autor. O que gosto é que não é um autor “da moda”, aliás, já foi nos anos 80, mas continua sendo o melhor escritor de todos os tempos.

O livro narra a saga de Kate Blackwell, herdeira de um império financeiro. Conta desde como surgiu a fortuna, até o último dia de vida da protagonista. Riqueza, tragédia, mistério, ganância estão presentes na narrativa. A história se estende por várias gerações, e mesmo assim o autor não perde “o fio da meada” e consegue envolver o leitor do início ao fim.

Recomendo todos os livros do autor. Sou fã!

 

LIVRO 26

O pequeno livro é repleto de grandes lições. O professor Michael Hinton, grande estudioso de assuntos bíblicos, escreve de forma fácil e simples, descrevendo os principais fatos da Biblía, com destaque para a trajetória de Jesus e as lições que o mesmo deixou.

Ele é super, ultra, mega resumido. Uma leitura rápida e um grande aprendizado.

O livro foi presente de um amigo da família. Adoramos!

 

LIVRO 27

Uma surpresa deliciosa que ganhei da autora. Sou fã de livros baseados em fatos reais, e esse me surpreendeu. A autora em meio a uma crise “existencial” largou tudo – o conforto do seu lar, familiares – e viajou sozinha para a Índia. Em meio ao choque cultural, condições precárias e peculiaridades do país a escritora narra de forma bem humorada essa sua aventura. Entre um capítulo e outro narrando sua aventura “indiana” a autora também narra outros episódios de sua vida, sempre fazendo reflexões acerca de questões cotidianas. Coincidentemente viajei para a Índia esse ano, e achei muito interessante as descrições do país e suas dificuldades, apesar de que minha viagem para o país foi turística e confortável, diferente de Graziela que passou por “bons bocados” na sua aventura.

Adorei e Recomendo. O livro é escrito de maneira leve e divertida.

 

LIVRO 28

O livro surpreende pela sensibilidade e dom da escrita da jovem escritora. São crônicas recheadas de lirismo e poesia.

Crônicas belas e inspiradoras que falam de amor, encontros, desencontros, desilusões amorosas, amizades e os mais diversos temas. Me identifiquei muito com a maneira da escritora observar o mundo e o comportamento humano.

Recomendo muito a leitura.

 

LIVRO 29

Ando devorando todos os livros do autor. Em Sobre Demônios e Pecados Rubem Alves fala sobre demônios cotidianos e pecados do ser humano. O livro traz uma análise profunda sobre diversos sentimentos que assolam o ser humano. Uma leitura rápida que transmite muitas reflexões.

“Mais poderoso que o nome do demônio é o riso. Quando ele começa a atormentá-lo, ponha-se a rir. O demônio ou demônios que moram em você fugirão espavoridos. Porque, como disse Nietzsche, maravilhoso exorcista, os demônios ‘são o espírito da gravidade’ e não suportam a leveza do riso.” (Trecho do livro)

 

LIVRO 30

Somos fã de Ziraldo. Um autor sensacional. Tenho uma vasta coleção do escritor.

Achei peculiar o título, e logo descobri que se tratava de um neologismo criado pelo autor, onde ele se intitula assessor de palpite. Em cada crônica o autor revela soluções criativas para vários problemas. Leitura deliciosa.

‘O aspite’ marca uma nova fase na profícua produção literária de Ziraldo Alves Pinto. Depois de publicar seus livros infantis por mais de 25 anos, Ziraldo apresenta, nesta obra, textos para adultos. ‘O aspite’ traz uma seleção de suas crônicas semanais, escritas inicialmente para O Estado de Minas, depois para o jornal O Tempo. Com seu bom humor e otimismo de sempre, o escritor exerce sua função de aspite (assessor de palpite), mostrando a cada página que no mundo há um jeito pra tudo. E para o Brasil também.

 

Agora vamos diminuir a fila com as leituras de MAIO.

Carol 😉