4

LEITURAS JANEIRO 2016

O ano de 2016 está voando… confesso que estou com pouco tempo de sentar para elaborar resenhas, o ano passado também tive muitas viagens e compromissos e dediquei pouco tempo ao Blog, mas conforme prometido, prosseguirei compartilhando todas as minhas leituras, breves resenhas e indicações dos livros que li. PROMETO compartilhar mais dicas de leituras aqui no BLOG. ME COBREM!! Também compartilho no Instagram @livros_e_leitura todo histórico de minhas leituras, passeios em livrarias, bem como diversas dicas de leituras.

Eis minhas leituras de Janeiro de 2016:

LIVRO 1

 

a mala de hanaPrimeira leitura de 2016. Devorei em menos de 2 horas. Não poderia ter iniciado minhas leituras de forma melhor.

Espetacular. Duas histórias tecidas com maestria: uma jovem na busca incessante de informações sobre Hana, uma criança judia que teve sua vida transformada após a 1ª Guerra Mundial.

Durante a leitura consegui sentir as emoções da busca incessante pela interessante história real de Hana. O livro também possui fotos que ajudam a formar um cenário mais real na mente do leitor.

Quem me acompanha sabe que sou fã de livros que tratam sobre o Holocausto e Guerra Mundial, mais uma surpresa agradável a descoberta deste livro tão interessante. O livro foi um ‘achado’, pois não foi indicação e também estava em um local de pouco destaque na livraria.

Li e Recomendo.

Trechos que grifei:Gif livro

“as mais preciosas dádivas que podemos ter no mundo: tolerância, respeito e compaixão”(Pág 104)

LIVRO 2

 

Folheei o livro na livraria e fiquei encantada com as ilustrações, levei sem pestanejar. Foi amor instantâneo, também não foi indicado, mas estava em uma prateleira de destaque na livraria.

Uma coletânea de textos e charges instigadoras. Amei diagramação, as charges, as imagens, os textos. Me surpreendi e já providenciei o primeiro volume.

A leitura flui facilmente e inspira.Os trechos dos livros são incríveis e afloraram minha inspiração. Um livro para ser lido e relido sempre.

Recomendo.

 Trechos que grifei:Gif livro

“Pare de MimiMI e vá lutar pelos seus sonhos”(Pág 35)

“Tente simplificar a vida”(Pág 45)

“Se existe algo na vida que vale a pena você gastar seu dinheiro é em viagens com a família”(Pág 45)

“Uma pessoa que reconhece a ajuda compensa todas as outras que foram ingratas”(Pág 45)

“A esperança mora no futuro, mas o poder dela é capaz de colorir o seu presente”(Pág 51)

          “O importante é ter opinião própria e não obsessão de mostrar que têm opinião própria para serem aceitos”(Pág.124)

LIVRO 3

Outro estilo literário que me fascina: histórias verídicas. O livro já estava criando teia de aranha na minha fila, um certo dia resolvi descobri o mistério relacionado ao Harém de Kadafi.

Ele é rico em detalhes minuciosos das atrocidades que o ditador Muamar Kadafi fazia com jovens meninas inocentes, só recomendo a leitura para quem tiver fôlego, pois a verdade é dita de forma nua e crua. A narrativa relata de forma transparente todo sofrimento de Soraya, que foi raptada para servir ao Ditador sem escrúpulos. Ela passou 7 anos raptada, onde sofreu bastante, passando por situações inacreditáveis.

Uma obra muito bem escrita, a jornalista Annick Cojean conseguiu dá voz a Soraya, revelando peculiaridades sombrias antes desconhecidas da ditadura de Kadafi. Inúmeras mulheres além de Soraya tiveram o mesmo destino.

O livro é forte, intenso e muito interessante. Li e adorei.

LIVRO 4

Uma narrativa que reúne dois aspectos que gosto: quadrinhos e histórias verídicas. Uma maneira leve e divertida de conhecer a vida de pessoas que mudaram o mundo. Um deles foi o revolucionário e visionário Steve Jobs. Ele não era um ser humano fácil de conviver, porém como os grandes empreendedores nunca cogitou a possibilidade de desistir ou de sempre crescer e inovar com produtos únicos e insanamente geniais!

As ilustrações são belas e o texto de fácil compreensão. Leitura agradável e construtiva. Li em uma tarde. Recomendo.

LIVRO 5

Este ganhei de presente do meu marido, não conhecia a escritora, adoro ganhar livros de presente, pois eles me apresentam um mundo literário que talvez se tivesse na livraria não iria descobrir. Fui surpreendida por algo que jamais imaginei ler. Fiquei intrigada com a trama.

O enredo não é nada convencional, pois trata de um tema bastante polêmico, demorei para absorver a história. Recomendo para quem esteja preparado para se deparar com uma narrativa bastante inusitada.

Provavelmente se tivesse lido a sinopse no Skoob não iria me interessar pela leitura. Uma descoberta interessante e inovadora.

 

LIVRO 6

Estava já de saída da livraria quando reparei no título engraçado que me fez voltar e folhear. Comprei pela capa divertida, e despretensiosamente me surpreendi.

Li trechos em voz alta para quem estava ao meu redor, causando risadas.

Logo de início achei que todas as piadas seriam relacionadas ao tema bebida, porém me enganei, são frases abordando os mais variados temas de forma bem humorada e inteligente. Devorei rapidinho.

Para quem gosta de livros de frases é uma boa pedida.

Bom, essas forma minhas leituras de Janeiro, bem variadas, podem observar que leio livros dos mais diversos gêneros e tipos. O que não gosto são de livros cansativos e enfadonhos, não foi o caso de nenhuma leitura do mês.

E vocês, o que andaram lendo? Recomendam algo? Deixem comentários.

E vamos ler!

Carol  😉

 

1

LEITURAS FEVEREIRO – 2015

No mês de fevereiro li excelentes livros! Adorei e recomendo todos, sem exceção!

LIVRO 10

 

O livro já estava na minha fila há bastante tempo, finalmente chegou a vez.

Amo livros baseados em fatos verídicos, tenho fascinação por livros nesse estilo literário.

A vida de Mineko Iwasaki – autora da autobiografia –  uma das mais famosas gueixas do Japão,  foi retratada pelo escritor Arthur Golden no livro “Memórias de uma gueixa”, ocorre que ela se sentiu ofendida pela maneira como o autor descreveu sua vida, e deixou claro que muitos pontos não foram fiéis ao que realmente aconteceu na sua vida, então ela resolveu escrever suas próprias memórias nesse livro. Ainda não li o livro “Memórias de uma Gueixa”, preferi começar a leitura sobre a vida dela através do livro mais condizente com a realidade.

Quando li o livro estava indo exatamente visitar o Japão, e fiquei fascinada com a maneira que os costumes e tradições japonesas são descritos e explicados, uma verdadeiro banho de cultura nipônica.

O livro retrata a vida de Mineko Iwasaki, uma das mais famosas gueixas do Japão. Quando ela tinha apenas 3 anos de idade iniciou o treinamento para uma vida de Gueixa.

Imperdível! Excelente. Adorei e recomendo

LIVRO 11

 

 

Suicídio ou crime? O Dr. Morley era um homem satisfeito, respeitado pelos colegas, amado pela família e pelos amigos. Uma pessoa que não tinha nenhum inimigo nem motivos para se matar. No entanto, ele foi encontrado morto com um tiro na cabeça e um revólver na mão. O inspetor Japp acredita na hipótese de suicídio, mas o detetive Hercule Poirot desconfia das estranhas circunstâncias em que seu dentista morreu. As suspeitas aumentam quando um dos pacientes do Dr. Morley é assassinado e outro desaparece misteriosamente. O detetive belga tem que desvendar o caso antes que seja tarde demais.

Agatha Christie é sempre uma excelente opção, não tem erro! Se quer um livro policial, é só embarcar no mundo de Poirot.

 

LIVRO 12

 

Uma escritora que não pode faltar na minha biblioteca: Lya Luft.

Ela possui uma habilidade única de no meio de narrativas envolver dramas humanos e levar o leitor ao universo da reflexão sobre os temas abordados.

Apesar da narrativa triste e dramática, o livro é gostoso de ler.

LIVRO 13

 

ESPETACULAR!

” Naquele lugar tão escuro em que a humanidade chegou a alcançar a própria sombra, a presença dos livros era um vestígio de tempos menos lúgubres, mais benignos, quando as palavras ressoavam mais do que as metralhadoras.”

Uma dos melhores livros lido ultimamente. E mais uma vez o tema e estilo literários que me fascinam.

Quando recomendei a leitura no Instagram, várias pessoas acharam interessante e leram. Hoje recebo inúmeros comentários agradecendo a indicação e relatando que adoraram o livro. Impossível não gostar…na minha opinião

O livro relata a história verdadeira da jovem Dita Kraus, que com 14 anos ficou responsável por uma biblioteca de apenas 8 livros, livros estes desgastados que ela cuidava com esmero de uma enfermeira. Ela arriscava sua vida, levando os livros embaixo do vestido, espalhando um pouco de alegria para os judeus confinados de Auschwitz

Um registro de uma época sofrida da história, mas que também mostra a coragem de pessoas que não se renderam ao terror e se mantiveram firmes usando os livros como “arma”.

“Auschwitz não mata só os inocentes, mas também a inocência.”

Recomendo MUITO!

 

E vamos continuar lendo!!!

 

Carol  😉