1

LEITURAS JUNHO 2015

Segue resenhas de minhas leituras de Junho de 2015

Vamos lá:

LIVRO 35  (em andamento)

 

Inverno no Mundo é o segundo livro da “Trilogia do Século”.  O tipo de leitura que gosto de absorver lentamente, e paralelamente vou lendo outros livros. Sempre sofro de depressão pós livro quando finalizo os livros de Ken Follett, por isso leio sempre devagar.
A saga das cinco famílias continua, agora encaminhando para a Segunda Guerra Mundial. Os filhos dos personagens que apareceram em Queda de Gigantes já estão crescidos e começam a se destacar na trama. A leitura continua em andamento, estou amando! Lendo vagarosamente…

LIVRO 36

 

 

Se tem um estilo literário que amo é o que envolve filosofia. E nada melhor do que a leitura de um livro que consiga levar o leitor a refletir sobre os mais diversos temas na visão de um grande filósofo.

O que mais gostei no livro é que ele não é complexo, ele consegue realmente transmitir lições de vida de uma maneira acessível, sem muitos floreios. Fiquei fascinada com a leitura, cada página precisa ser absorvida, pensada, refletida. Um livro repleto de trechos magníficos! Grifei muito, anotei, refleti. E o livro não é denso, é uma versão de bolso, ideal para carregar sempre na bolsa, para ler e reler incansavelmente. Recomendo MUITO!

Trechos que grifei:Gif livro

“A capacidade de dar boas risadas pode ser uma das marcas de uma personalidade mentalmente saudável”(Pág 75)

“o primeiro homem a arremessar palavras de insulto ao inimigo em vez de uma lança foi o fundador da civilização. Portanto, palavras são substitutos dos atos, e em certas circunstâncias, únicos substitutos”(Pág 65)

“Vivemos hoje num mundo praticamente sem privacidade. A vida doméstica de muitas pessoas, especialmente celebridades e políticos, não raro é exposta e arquivada para sempre na internet. ” (Pág 43)

“Numa época em que já não se respeitam a privacidade, o sigilo ou segredo, temos muito a aprender com Freud…Da próxima vez que nos apanharmos revelando o segredo de um amigo ou a confidência de um colega, ou que soltarmos uma insinuação nem tão sútil sobre a vida privada de alguém, talvez nos lembremos da importância conferida por Freud à necessidade de respeitar a privacidade. Aquele que ser revela capaz de tato merece status diplomático.” (Pág44)

“Freud observou que muitas vezes não tratamos nossos parceiros como pessoas, mas, de maneira mais primitiva, como objetos”(Pág 48)

 

LIVRO 37

 

 

 

E continuando no ramo da filosofia, agora as lições de vida através do grande Nietzsche. Existe algo mais incrível do que poder compreender o grande Nietzsche? Com esse livro você adentra nas ideias do grande pensador, e se vê analisando várias questões que são vivenciadas diariamente. Eu fiquei encantada com a coleção.

Em muitos trechos consigo elevar a minha alma, de verdade! Amo filosofia, um livro imperdível. Só o que não gostei é que quando finalizei as duas leituras fiquei desejando mais e mais.

O livro transcreve textos de grandes obras do filósofo e logo após esclarece o que ele queria que fosse transmitido.E no final do livro o autor ainda presenteia o leitor com um “Dever De Casa” onde ele faz recomendações para maior aprofundamento nas obras do grande filósofo.

O livro é compacto, portanto fácil de transportar para todo lugar, um livro para você deixar sempre ao alcance. Incrível.

Trechos que grifei:

Gif livro

“O sofrimento não é um sinal de fracasso, na tentativa de sermos a melhor versão de nós mesmos, mas parte necessária do processo de nos tronarmos quem queremos – e devemos – ser” (Pág 24)

“Há uma estrada que ninguém pode percorrer, só você. Não pergunte aonde leva; vá em frente.”(Pág 18)

“Ninguém, senão você mesmo, pode construir a ponte pela qual terá de atravessar o rio da vida”(Pág 18)

 

 

LIVRO 38

 

Uma Porta Para Um Quarto Escuro – Antonio Cestaro

Trata-se de uma coletânea de crônicas em uma áurea poética.  Adoro livros de crônicas, um dos meus estilos literários favoritos.

O acabamento do livro é um capítulo à parte, a capa é muito criativa e bela, capa dura, reproduzindo uma porta, inclusive com as ranhuras,  textura. As páginas são todas preta, achei sensacional também, e as ilustrações coloridas e lindas. Realmente um trabalho incríve

A leitura flui deliciosamente.

Trechos que grifei:Gif livro

“O professor dizia que as palavras têm gosto,
cheiro e sentido justo bem definido e explicava que manga [e uma palavra amarelo-rosada irresistível e que aunado a gente olha ela dá vontade de morder, que saudade é uma palavra viajante que
leva a pessoa para lugares distantes e que a palavra voar é aberta e fluida porque é uma espécia de companheira da palavra liberdade” (Pág 21)

O relógio tem todo o tempo do mundo, vai marcando pacientemente o caminho do sol nascente ao poente e continua incansável vigiando a noite quando tudo adormece…Tem também o poder do relógio, que ordena silencioso o que precisa ser feito e o que pode ser deixado pra depois…”(Pág 27)

 

LIVRO 39

Manuel Bandeira é poesia, é encanto, é sonho.. Um belíssimo livro do neologismo tão famoso criado pelo imortal Manuel Bandeira: TeAdorar

Lindo acabamento, lindas ilustrações.

 

LIVRO 40

Sou fã de livros infantis. Eles conseguem transmitir grandes lições de maneira leve e divertida.

O livro transmite de forma colorida os princípios básicos da ‘Convenção sobre os Direitos da Criança’ adotada em 1989. Com uma linguagem simples o livro ensina sobre respeito, cidadania, educação e diversos outros direitos inerentes as crianças.

Recomendo para todos que possuem um pequeno cidadão em casa, bem como para as escolas, acho um livro muito interessante para ser lido em sala de aula.

Li e amei

LIVRO 41

Logo que peguei o livro me encantei com a capa, qual criança não gosta de um livro bastante colorido, com ilustrações de encher os olhos?
 Além do atrativo visual do livro, que é repleto de animais – girafas, camelos, ovelhas – ele transmite valores.
O livro narra a aventura da pequena ‘Penda”, na qual é destinada uma missão: levar uma tigela de leite para o seu pai. Através do caminho ela encontra dunas, animais, e precisa manter o equilíbrio para não derramar o leite. Na verdade o que ela estava carregando ao atravessar inúmeros obstáculos era algo além do leite.
Fiquei encantada com as ilustrações, impossível não despertar o interesse pela leitura através de tão belo livro.
Recomendo para crianças de todas as idades, bem como para adultos.

 

 

 

E vamos continuar lendo!

Carol  😉

Anúncios
2

LARANJA MECÂNICA

Laranja Mecânica (A Clockwork Orange, originalmente), escrito pelo inglês Anthony Burguess, significa algo de muito estanho, e faz jus ao nome. O livro alcançou sucesso o bastante para ser considerado um dos cem melhores romances em língua inglesa do século 20.

A trama é ambientada numa Inglaterra futurista e gira em torno do narrador,Alex, um adolescente como qualquer outro – ou não -, comandante de uma gangue que tem como modo de diversão atividades um tanto peculiares, tais como roubar lojas e algumas práticas extremamente violentas.

Acontece que, involuntariamente o garoto comete um assassinato e é pego pela cruel polícia que vigora na época.

Ele é então submetido a um tratamento experimental, desumano e cruel para eliminar o que causaria as maldade na mente humana, mas que reduziria drasticamente sua pena. O leitor tem acesso total ao psicológico de Alex, antes, durante e depois desse processo, e é levado a refletir sobre o bem e o mal, tal como a acompanhar o amadurecimento do personagem, ao longo da história.

O impressionante é que o livro é totalmente versátil, e possui essa abertura para inúmeros tipos de interpretações.
Outro fato interessante é que o “dialeto” falado por Alex e seus amigos é baseado na linguagem “nadsat” (em nadsat, adolescente). Criada por Burguess, é uma mistura anglo-russa um tanto exótica, que causou tanto estranhamento para os britânicos, já que não há um Glossário Nadsat nas edições britânicas, como há nas brasileiras e americanas.
Eu aconselho colocar a rassudok para funcionar e viver a história da maneira que o autor imaginou. Mas para quem quiser espiar o glossário de vez em quando, tudo bem, no final todos irão adorar essa obra horrorshow.
Resenha elaborada pela leitora adolescente de 14 anos, colaboradora e co-proprietária do Instagram @livros_e_leitura .

Gif livro

Trechos que grifei:

 “Mas eu faço o que faço porque gosto de fazer.”(pág. 42)

“Nomes de partidos nada significam. A tradução da liberdade significa tudo.” (Pág. 161)

boy-reading-book

Avaliação

  • Público Sugerido: Quem gosta de ficção científica.
  • Pontos Positivos: Linguagem diferente e versatilidade.
  • Pontos Negativos: Final diferente da versão americana.
  • Nota (1 a 5): 5,0
0

A GAROTA DA CAPA VERMELHA

 garota capa vermelha

Chega a ser automático o desenrolar de nossos pensamentos quando nos deparamos com comparações livro/filme. Afinal, na grande maioria das vezes o livro é considerado melhor e mais completo que o filme… Certo?

Foi exatamente isso que pensei quando me vi com A Garota da Capa Vermelha em mãos. O que me  atraiu foi a capa, que é uma cena do filme. O que, de certo modo foi até justificado quando descobri que na verdade o roteiro original do filme, escrito por David L. Johnson, baseou o livro, e não vice-e-versa. Considerando isso, o livro poderia ser muito melhor. Segui adiante, a sinopse e toda a divulgação e marketing que essa nova versão da tradicional história da Chapeuzinho Vermelho teve, me chamaram bastante atenção.

O enredo e trama em si são muito bons, porém a autora deixa muito a desejar na descrição das cenas, e até dos personagens, dificultando o papel que tem o leitor de imaginar a história. Segui a ordem que julgava ser a certa a ler o livro primeiro, mas inúmeras questões só ficaram claras para mim quando assisti ao filme, como se ambos se complementassem. O filme passa em branco alguns detalhes importantes, como a rixa entre o rapaz escolhido para casar-se com Valerie, personagem principal, e o rapaz que a ela ama, que vai muito além da disputa pela garota.

O filme também acrescenta mais coisas no final, e, apesar de tudo acho que as partes que precisaram ser cortadas não tiveram lá tanto impacto no geral, foram bem selecionadas e as que ficaram, resultaram junto aos cenários, cores e fundo musical escolhidos, em um suspense incrível e envolvente, que também conta com a incrível atuação de Amanda Seyfried.

Ah, e falando em final, eis que ao terminar o livro, na ânsia de saber o desfecho me deparo com uma surpresa. Levei-o para a viagem e quando chego no final, descubro que é incompleto. O livro não vem com o final. Isso mesmo. É preciso acessar o site da editora para saber o desfecho. O resultado foi que tive que esperar até chegar em casa para ler, por causa da questão do marketing envolvida, já que o livro foi lançado um pouco antes do filme, deixando os leitores curiosos e ansiosos pela estréia do mesmo. Esperto? Pode ter sido. Para mim foi decepcionante, já que tive que aguardar longos dias para poder finalizar o livro.

  • Público Sugerido: Adolescentes ou quem curte suspense .
  • Pontos Positivos: Narrativa e trama
  • Pontos Negativos: O final não está no livro. Achei o filme mais completo.
  • Nota (1 a 5): 3

TRAILER DO FILMEtelevisie2

2

PEQUENO SEGREDO – A lição de vida de Kat para a família Schurmann

Heloisa-Schurmann-Pequeno-Segredo-foto-do-livro

Um dos gêneros literários que me fascina: histórias reais. Já li inúmeros relatos biográficos, e posso afirmar que esse foi um dos melhores. Uma lição de vida, uma história de amor, renúncia e doação. Heloisa Schurmann é de uma família conhecida pelas aventuras ao redor do mundo a bordo de um veleiro. Por  muito tempo a família guardou um segredo, um lindo segredo. Quis o destino que a família fosse abençoada com a chegada inesperada de Kat, uma doce menina que teve a felicidade de se aventurar no veleiro junto com essa maravilhosa família. Achei o livro por acaso na livraria, até então desconhecia essa linda história. O que me chamou a atenção foi o testemunho de Glória Maria  (apresentadora da Globo)  na contracapa do livro:

“Conheci os Schurmann acompanhando pelo Fantástico sua vida de aventuras. Uma família que navegava os mares do mundo descobrindo, aprendendo, trocando conhecimentos e emoções. Eram pessoas especiais. Comecei a prestar atenção e fui percebendo que Heloisa era a luz, o eixo daquela família original e tão cheia de amor.

Li todo o livro numa noite. Os detalhes de Pequeno Segredo: a lição de vida de Kat para família Schurmann não tocaram apenas o meu coração. Eles me fizeram refletir também sobre a verdadeira natureza humana. Com sua integridade e grandeza, Heloisa nos lembra que amor é um exercício contínuo de crescimento e aceitação sem limite ou dimensão. E que a maternidade é um dom, uma benção de Deus àquelas mulheres que são capazes de entender e sentir que filho é aquele que a alma escolhe e acolhe. Venha de onde vier e como vier.

O pequeno segredo de Kat me tirou a respiração. Trouxe mais luz ao sentido verdadeiro de nossa existência.”

Trata-se de um livro extraordinário! Belíssimo! Uma história triste e ao mesmo tempo alegre. Repleta de aventuras da pequena Kat, que embarcou junto com a família Schurmann no seu veleiro Aysso e desbravou o mundo valentemente. Conheceu inúmeras culturas, aprendeu idiomas, mergulhou, nadou, subiu montanhas, conheceu pinguins, baleias, golfinhos, tubarões,  tartarugas, contemplou paisagens de tirar o fôlego, admirou o céu estrelado do veleiro em noites esplendorosas, aprendeu vivenciando inúmeras experiências. E tudo isso cercada de muito amor e cuidado.

Um dos pontos mais comoventes do livro é o capítulo com o “Diário de Kat”, onde ela relata, na pureza de sua alma infantil, suas aventuras, seus medos, suas alegrias, suas tristezas, seu mundo.

Um livro que me emocionou, me comoveu, tocou meu coração, me levou às lágrimas. Para os que gostam de livros que relatam histórias reais, esse é espetacular: leitura fácil, interessante, agradável. Um relato de tirar o fôlego, acompanhado de belas fotos que ilustram as passagens narradas.

RECOMENDO em Caps Lock, negrito e sublinhado.

Gif livro

Trechos que Grifei

“Descobrimos as verdadeiras amizades assim, quando não percebemos o tempo passar” (Pág.139)

“Assim, acostumados a uma vida pública de reportagens e entrevistas em jornais e revistas, nossa família teve que aprender a guardar uma parte de nossa história em absoluto segredo” (Pág.87)

“Lembrei-me do ditado que diz: ‘Tome cuidado com o que você deseja. Você pode acabar conseguindo.’ (Pág.85)

“Naquele paraíso eu observava Kat, como uma sereia, tão à vontade em seu macacão de neoprene, sua máscara e nadadeiras, aprendendo a mergulhar. Eram momentos de felicidade sempre que ela levantava a cabeça para fora da água e gritava, contente: – Uma estrela-do-mar! Um peixe listrado! Um polvo!” (Pág.161)

  • Público Sugerido: Quem gosta de se emocionar com histórias reais.
  • Pontos Positivos: O livro é repleto de aventuras, demonstra o sentido das palavras: doação, amor, renúncia, cuidado. Uma lição de vida.
  • Pontos Negativos: Nenhum
  • Nota: 5,0 (1 a 5) *****

O Livro virou filme

O Livro inspirou o filme, elaborado pelo irmão de Kat: David Schurmann, ainda em fase de produção, estou na expectativa para assistir.

O Pequeno Segredo                                                                                                                                                    http://www.pequenosegredo.com/

“Baseado em fatos reais, Pequeno Segredo conta a emocionante história de uma menina e três mulheres que compartilham um segredo que mudará suas vidas. A pequena Kat sobreviveu a maior das tragédias em sua infância, a perda dos pais. Após sua adoção inicia um surpreendente caminho de aventuras. Agora na adolescência, Kat busca se encaixar à uma vida normal. Heloisa, a guardiã do segredo, é uma mãe dedicada que luta para manter a integridade e união de sua família, mas ela sabe que o futuro é imprevisível. A jovem Jeane descobre no amor, que as possibilidades são infinitas, mas não conta com destino, que tem seus próprios planos. Gillane é uma senhora que se tornou fria e solitária, ela é capaz de tudo para conseguir o que quer. Um dia o passado bate em sua porta e ela embarca em uma jornada para redescobrir o amor. Histórias de amor, família, felicidade e frustração são interligadas por um único e pequeno segredo. Um filme surpreendente e inspirador que fará você mudar a maneira de ver a vida.”

Vídeo emocionante da “pequena grande marinheira”

Entrevista de Heloísa Schurman para a Globo.com

Link: Entrevista Heloísa Schurmann para Globo.com

Fotos da Família Schurmann

schurmann2 schurmann heloisa 2 heloísa e Kat heloisa schurmann3