0

LEITURAS ABRIL 2017

 

Olá leitores, eis um resumo de minhas leituras do mês de Abril 2017.
E vamos LER!

LIVRO 21

Haatchi & Little B -Wendy Holden

 

“Este livro é dedicado aos que são diferentes e aos seres humanos e animais que os amam ainda mais por causa disso.”

Mais um livro sobre história verídica, leio bastante este estilo literário.

Owen, conhecido por Little B, é um pequeno garotinho tímido e retraído que sofre de uma doença genética rara, que faz com que seus músculos fiquem permanentemente tensos, fazendo com que ele passe a maior parte do seu tempo em uma cadeira de rodas.

Haatchi é um cachorro que foi abandonado e que sofreu maus tratos, em consequência do ocorrido, precisou se submeter a inúmeras cirurgias e ainda assim perdeu sua perna e seu rabo.

A família de Owen, encontrou Haatchi e o adotou, e a partir daí surgiu uma linda amizade entre o menininho e o cão. Ambos passaram por experiências traumáticas, desta forma surgiu uma sintonia e ligação emocional muito grande entre eles.

A história é linda e envolvente, uma grande lição de vida. Amo livros baseados em fatos reais, me emociono sempre.

O livro ainda traz fotos lindas fotos de momentos únicos do cão e o garotinho.

Gif livro

“Algo em Haatchi induz as pessoas a fazerem coisas incríveis, todos querem compensá-lo pelo que aconteceu. Por ter visto o pior da humanidade, ele desperta o melhor dela nas pessoas.”

“Owen Howkins era um menininho engraçado, esperto e corajoso – embora poucas pessoas além de sua família percebessem isso.”

“As pessoas ficam olhando para mim!”, ele reclamava para sua família grande e amorosa, que sempre o protegeu e incentivou. Quando Owen dizia coisas assim, ele partia o coração de todos.”

 

LIVRO 22

A Princesa Leal – Philippa Gregory

Amo romances de época, já recomendei vários do gênero, e Philippa Gregory escreve com maestria sobre a era Tudors.

Já assisti ao seriado “The Tudors” , que narra a trajetória de um dos mais controversos monarcas ingleses: Henrique VIII.

Meu primeiro contato com a escrita de Phillippa Gregory  foi através da leitura do livro “O Bobo da Corte”. Fiquei encantada com a narrativa deliciosa e envolvente. Após finalizar a leitura iniciei minha coleção.

Em Princesa Leal ela recria a juventude e infância de Catarina de Aragão: filha de Fernando de Aragão e Isabel de Castela, infanta da Espanha, princesa de Gales e posteriormente rainha da Inglaterra.

Os livros não foram lançados em ordem cronológica, particularmente eu prefiro seguir a ordem, sendo assim, fiquei aguardando serem publicados no Brasil para retomar a saga.

Não gosto de publicações fora de ordem, dá um nó no cérebro, quando você termina de ler, aparece um livro anterior…afFs…

Irei deixar registrado a ordem cronológica dos livros publicados no Brasil da série ‘The Tudors’ . Em parênteses, coloquei o ano do início e do final  da narrativa.

  1. A Princesa Leal (1491 – 1529)
  2. A Irmã de Ana Bolena (1521 – 1536)
  3. A Herança de Ana Bolena (1539 – 1542)
  4. A Rainha Domada (1543 – 1547)
  5. O Bobo da Rainha (1548 – 1558)
  6. A Amante da Virgem (1558 – 1560)
  7. A Outra Rainha (1568 – 1587)

Recomendo!

Gif livro

“Tenho que ser corajosa, sou a filha de uma mulher corajosa e fui preparada para isso durante toda a minha vida. Minha mãe disse que se sorrio ninguém percebe que estou com saudades de casa ou com medo, tenho de sorrir, e sorrir, por mais estranhas que as coisas pareçam”

“As palavras têm peso, uma vez proferidas não podem ser silenciadas, o significado é como uma pedra jogada em um lago; a ondulação na água se propaga e não pode saber que margem vai inundar.”

“Só porque um homem O chama de Alá e outro de Deus não é razão para serem inimigos, não acha?”

 

LIVRO 23

Poesia Matemática – Millôr Fernandes

Uma leitura rápida, deliciosa, muito inteligente e  divertida. Um livro para ler e reler sempre.

Sem mais: leiam.

Gif livro

“Quem és tu?”, indagou ele

em ânsia radical.

“Sou a soma do quadrado dos catetos.

Mas pode me chamar de Hipotenusa.”

E de falarem descobriram que eram

(o que em aritmética corresponde a almas irmãs)

primos entre si.

E assim se amaram

ao quadrato da velocidade da luz

numa sexta potencialização..”

 

LIVRO 24

Histórias do Rio Negro – Vera do Val

“Quem viu o Negro nunca mais se encantará com outro rio. A imensidão de águas escuras, a magia que ele espalha à sua volta, seu enigma e o esplendor dos seus ocasos são coisas que impregnam a alma da gente.”

Sempre que faço uma viagem gosto de ler algum livro que fale sobre o local.

Este ano visitei a Amazônia e fiquei encantada pela região.

Adora adentrar no mundo literário dos locais que visito, é uma delícia viajar na leitura e viajar literalmente.

Trata-se de um livro de contos, onde o personagem principal é o Rio, sim o Rio Negro.

São narradas as aventuras e mistérios do cotidiano dos moradores de Ribeirinho, o interessante é que os personagens reaparecem em diversos contos, tornando a leitura ainda mais envolvente.

Os contos são curtos e muito bem escritos.

Uma maravilhosa descoberta

Gif livro

“Rio e noite, noite e rio, não se sabe onde é o céu e onde é a água, onde começa o sonho e acaba o mundo.”

“Saiu de mansinho, sem adeus, embora tivesse um nó no peito e um cisco no olho, mas lá se foi se arredando os sustos e metendo a cara no mundo. Mundo grande, mundo do rio, mundo das águas negras, do sol amarelo luzindo e ardendo na pele, da floresta sombreada e acolhedora como corpo de mulher.”

“Naquele despreocupar da vida, foram estreitando laço, apertando afeto e descobrindo o bem-querer.”

“O tempo foi rodando, que esse não perdoa.”

LIVRO 25

A Vista Particular – Ricardo Lisias

Não conhecia o escritor Ricardo Lísias, um certo dia uma amiga me falou sobre seus livros e fiquei interessada.

Logo de início adorei a capa, achei atraente e criativa.

Achei uma leitura bastante diferente e curiosa. O livro é ambientado no Rio de Janeiro, tendo como personagens principais um artista e um traficante em um cenário itinerante – o morro do Pavão – Pavãozinho. -.

Um fato inusitado, e poderia até dizer, um pouco bizarro, é filmado e  transformado em uma performance, tornando José de Arariboia em uma celebridade.

Enfim, uma leitura peculiar e curiosa, diferente de tudo que já li.

Li em uma tarde, a leitura não é densa, é cômica e com capítulos curtos.

Gif livro

“A questão é que no meio das artes plásticas tudo é imprevisível. Novos nomes se revelam enquanto os artistas sobem e descem na preferência dos colecionadores.”

“Por aqui Arara não circulou, mas há boatos de que ele está no prédio. Parece que veio do Brasil em um transatlântico fretado, já que não usa avião de forma alguma. Ao menos é o que o jornalista do New York Times apurou..”

 

E vamos LER!

Carol Steinmuller

 

f6691-coruja_lendo

 

 

 

Anúncios
2

LEITURAS JUNHO 2016

LIVRO 29

Ler Saramago é sempre um desafio, começando pela maneira que ele escreve: sem parágrafos, sem travessão, com pouca pontuação, ou seja, de um fôlego só.

Cansada de ser detestada pela humanidade a morte resolve fazer greve, abandona seu cajado e determina: “ninguém morre” e observa as consequências de tamanha ousadia.

Durante o período da ‘cessação” da morte surgem vários problemas políticos, religiosos, éticos, morais, crise nas funerárias, nas companhias de seguros e até na igreja.

“Se acabasse a morte não poderia haver ressurreição, e não havendo ressurreição, então não teria sentido haver igreja.”

É um desenrolar bastante reflexivo, repleto de discussões morais.

“As pessoas dizem coisas à toa, lançam palavras à aventura e não lhes passa pela cabeça pensar nas consequências.”

Houve um momento da leitura que achei cansativa, abandonei um pouco, depois retornei e consegui finalizar. Gostei bastante da parte que a morte demonstra um lado “humano”, onde deixa transparecer seus sentimentos.

Não achei uma leitura fácil, é densa. Porém ,sempre tenho uma ótima sensação após finalizar livros de Saramago.

LIVRO 30

 

Ainda não li o tão famoso”Livro do Desassossego”, está na minha infindável lista.

Com esta leitura senti o gostinho maravilhoso das belas e encantadoras palavras do grande poeta Fernando Pessoa.

Dispensa comentários e apresentações, Fernando Pessoa é simplesmente INCRÍVEL e GENIAL.

Comprei o livro em Portugal, na casa de Fernando Pessoa, não sei se no Brasil lançaram uma edição. :/

LIVRO 31

 

Quem tem filhos, sobrinhos, primos, ou quem convive com crianças se encanta com os diálogos pra lá de sinceros e engraçados dos pequenos.

Uma mãe – Silvana de Oliveira – resolveu eternizar de uma belíssima maneira as “faladas” de sua peculiar Sofia.

Uma leitura leve, engraçada e encantadora. É possível ler em menos de uma hora, pois cada “falada” nos deixa mais curiosos em saber as próximas respostas da esperta Sofia.

Além das frases o livro possui belíssimas ilustrações, tornando ainda mais prazerosa a leitura.

Ao final ainda traz um espaço convidando os leitores para anotarem as “faladas” de crianças, seja filho, primo, sobrinho, enfim, uma bela maneira de alertar todos para anotarem e eternizarem as pérolas das crianças, que estão cada dia mais incríveis.

Além do ótimo conteúdo, o livro possui três opções de cores de capa, achei muito criativo.

Aprovadíssimo.

www.facebook.com/faladasdesofia

instagram @faladasdesofia

 

LIVRO 32

De imediato fiquei encantada com a belíssima capa, é um trabalho espantosamente belo! Uma sobrecapa com a cor verde água com texturas.

Gostei da forma que os poemas são apresentados: do jeito que foram enviados para impressão, com os erros e rabiscos.

Finalizei com gostinho de quero mais.

Amo poemas e poesias. Uma leitura fácil e muito rápida, li em vinte minutos.

 

LIVRO 33

 

Chocante, forte, comovente, REAL . Se não gosta de leituras com detalhes tristes e fortes não leia.

Eu sou alucinada por livros que narram histórias verídicas, sinto necessidade desse tipo de leitura, pois fico me colocando no lugar da pessoa, da família, e me envolvo com os sentimentos e sofrimentos da vítima.

Trata-se da narração do longo sequestro de duas meninas que passaram 10 (DEZ!) anos em cativeiro. O livro aborda a versão de Amanda e Gina, e descreve detalhes do horror que essas duas jovens sofreram durante longos anos. Tiveram sua juventude roubada, foram maltratadas, sofreram, porém como grande guerreiras SOBREVIVERAM para contar.

Li e adorei. Recomendo

 

E VAMOS LER!

f6691-coruja_lendo

 

 

 

 

 

0

LEITURAS MARÇO e ABRIL

Eu tardo, mas não falho. Finalmente elaborei minhas - curtas - resenhas.

LIVRO 15

 

Um livro intrigante, revela notícias surreais, daquelas que você lê e dúvida que realmente aconteceram, mas sim, o livro todo é baseado em fatos verídicos.

Achei uma leitura interessante, muitos relatos engraçados e outros inacreditáveis.

 

LIVRO 16

 

O primeiro livro que li de Antonio Prata ganhei de uma grande amiga de infância, devorei em minutos, o livro chama-se “Nu, de Botas” (recomendo). Após a leitura virei fã do escritor.

Felizes Quase Sempre foi o vencedor na categoria infantil da 55ª edição do Prêmio Jabuti.

“A gente tem que parar de ser feliz para sempre! Se não tiver uma infelicidadezinha de vez em quando, a vida perde a graça” 

O livro vai além da clássica frase “e foram felizes para sempre” e demonstra de forma bem humorada pequenas “infelicidades” cotidianas que acontecem com todo mundo. No enredo o escritor resgata personagens como: Cinderela, Branca de Neve, os sete anões, dentre outros. As ilustrações são lindas. O livro é recomendado para crianças, mas digo e repito: amo livros infantis e recomendo para todas as idades.

Adorei a leve e divertida leitura.

LIVRO 17

 

Adoro livros de crônicas, sempre que passeio pela livraria procuro livros do gênero.

O que me atrai é que posso ler pequenas crônicas quando estou com pouco tempo sem atrapalhar o enredo. Não conhecia o lado de Fernanda Torres como escritora, gostei.

O livro trata de temas como cinema, teatro, família e assuntos do cotidianos.

 

LIVRO 18

 

Desde de sua nomeação o Papa Francisco me inspira.

Seu semblante, suas atitudes, sua imagem serena e seu coração demasiadamente humano e caridoso.

Um livro para refletir, e aprender com os ensinamentos do nosso tão amado e admirado Papa.

Excelente leitura.

Ps: O livro foi um presente, tornou minha leitura mais especial ainda.

 

LIVRO 19

 

Conheci o escritor moçambicano através do livro “O Fio das Missangas” (recomendo!), fiquei encantada com a leveza e a poesia que ele traspassa nas palavras.

Adoro sua escrita, seu vocabulário, sua maneira de “escrevinhar”. Ele é peculiar, exclusivo e inimitável.

Estórias abensonhadas é um livro de pequenos contos, leitura fácil e rápida.

Pretendo ler toda obra do escritor.

Trechos que grifei:Gif livro

“afinal, só erra quem pode escolher”

“O sempre lhe era pouco e o tudo insuficiente”

“A dúvida, sabemos, é a inveja de não nos suceder a nós as impossíveis surpresas”

“para meio entendedor duas palavras não bastam”

“eu tenho medo de mulher. E você não tem? Tem, bem que eu sei. As ideias delas nascem num lugar que está fora do pensamento.”

LIVRO 20

 

Mais um estilo literário que me fascina: histórias verídicas.

O livro narra a saga de uma repórter parisiense que investiga as redes de recrutamento de grupos terroristas. Ela criou um perfil falso no Facebook, se passando por garota ingênua.

No início demorei um pouco para engatar na leitura, depois foi melhorando. Achei que o contato seria pessoal, porém o contato dela foi todo feito através de redes sociais, apesar de que ela “vestiu a camisa” e utilizou de disfarces para não ser descoberta, pois a investigação com o tempo se tornou bastante perigosa.

O livro é um testemunho de como as redes sociais: Facebook, Skype, Youtube, podem – e são – utilizadas como armas, unindo e recrutando pessoas do mundo inteiro exercendo um poder através do terrorismo digital.

Um tema interessante, o livro trata com detalhes de como a organização jihadista funciona.

 

LIVRO 21

Finalmente li um livro do Padre Fábio de Melo. Já assisti vídeos e shows, e li alguns trechos na internet, porém o meu primeiro contato com seu lado literário foi através deste livro.

O tema abordado é “o sequestro da subjetividade”, uma expressão referente à privação que algumas pessoas sofrem quando estabelecem vínculos afetivos com algumas pessoas.

Um livro que me acrescentou.

Um livro que eleva sua alma, que enriquece seu conhecimento, que te faz parar para pensar. A linguagem é simples, direita e construtiva.

Li e recomendo muito. Para quem gosta de textos reflexivos é uma excelente opção.

Trechos que grifei:Gif livro

“Todo livro precisa nos desafiar, incomodar. É assim que crescemos.”

“As relações simbólicas – aquelas que nos permitem crescer e superar nossos limites porque são capazes de estabelecer pontes que nos permitem travessias – “

“Antes de ser comunidade, o ser humano é pessoal, particular, reservado, privado…Junta-se aos outros para compor o todo, mas não deixa de ser o que é”

“O amor talvez seja isso. Encontro de partes que se complementam, porque se respeitam”

LIVRO 22

 

Mais um livro relatando uma história verídica: a tragédia do Bateau Mouche ocorrida no Rio de Janeiro. Já tinha lido algo sobre o ocorrido, porém não sabia dos detalhes.

A tragédia ocorreu em 1989, cerca de 150 pessoas saíram da enseada de Botafogo a bordo do Bateau Mouche IV em direção à praia de Copacabana para assistir aos fogos de artifício. No caminho, o barco naufragou, matando mais de cinquenta pessoas. Decisões equivocadas, negligência e falta de fiscalização foram alguns dos motivos que levaram o Bateau ao seu trágico destino. O número de mortos só não foi maior porque um iate e uma traineira conseguiram salvar quase cem náufragos.”

Ivan Sant’Anna escreve muito bem, os capítulos são pequenos, não são cansativos.

Foi uma excelente leitura. Fiquei com o gostinho de “quero ler mais” livros de Ivan Sant’anna

 

Uffa! Fiz ótimas leituras, como podem observar foram vários gêneros literários e várias descobertas de escritores que eu não conhecia. E vamos LER!

Carol